Blog Santo Antônio
Notícias

Fonte: Grupo Santo Antônio

Com o agravamento da pandemia e iminente possibilidade de colapso no sistema de saúde do país, 46 entidades médicas divulgaram neste domingo (28) um manifesto em que reforçam a importância do uso de máscaras no combate à Covid-19.

 

A carta vem três dias após o presidente Jair Bolsonaro questionar a eficácia do uso de máscaras em uma live. 

 

"Direcionamentos contrários (ao uso das máscaras) desconstroem, confundem e agravam a situação do país", afirmaram as entidades.

 

Outras medidas para conter a disseminação da doença foram citadas na nota, como o distanciamento físico, o não compartilhamento de objetos de uso pessoal e a higienização das mãos.

 

As entidades também criticaram o andamento da campanha de vacinação no Brasil ao dizer que ela "caminha em passos lentos" e de "forma descontínua, retardando seus efeitos benéficos". 

 

"É urgente que as medidas efetivas para diminuir a transmissão da doença sejam assumidas pela população como compromisso social para diminuir a possibilidade do surgimento de novas variantes do vírus e o colapso total dos serviços de saúde de todo país", alertou. 

 

Confira a íntegra do manifesto:

 

As 45 Sociedades médicas que assinam esse manifesto, fazem um apelo à população brasileira e sociedade civil, reforçando a importância imprescindível do uso de máscaras, além do cumprimento de outras ações para contenção da pandemia da Covid-19, como o distanciamento físico, não compartilhamento de objetos de uso pessoal e a higienização das mãos.
 
Máscaras são instrumentos eficazes para a redução da transmissão de vírus respiratórios e são preconizadas na atual pandemia para uso, não apenas por profissionais da saúde no cuidado de indivíduos com suspeita ou diagnóstico de COVID-19, mas por todos. O uso correto da máscara é a ação pessoal com efeito coletivo fundamental para diminuir a circulação do vírus da COVID-19 que assola o país neste momento.
 
No dia 25 de fevereiro de 2021 atingimos a marca de mais de 250 mil mortes por COVID19 no Brasil, sendo 1582 mortes em um único dia, uma morte por minuto. Os hospitais da rede pública e privada de muitos municípios do Brasil encontram-se com a ocupação quase máxima, podendo levar ao risco, a vida daqueles que necessitem de assistência médica hospitalar por qualquer doença. A vacinação ainda caminha em passos lentos e de forma descontínua retardando seus efeitos benéficos.
 
É urgente que as medidas efetivas para diminuir a transmissão da doença sejam assumidas pela população como compromisso social para diminuir a possibilidade do surgimento de novas variantes do vírus e o colapso total dos serviços de saúde de todo país.
 
Acreditamos que é de suma importância este posicionamento público, de entidades competentes, em orientar a população com informações seguras e baseadas na ciência, de forma clara e convergente. Direcionamentos contrários desconstroem, confundem e agravam a situação do país.
 
Assinam esse manifesto:
 
1.Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
2.Associação Alagoana de Doenças do Tórax
3.Associação Amazonense de Pneumologia e Cirurgia Torácica
4.Associação Brasileira de Alergia e Imunologia
5.Associação Brasileira de Medicina Física e Reabilitação
6.Associação Brasileira de Transplante de Órgãos
7.Associação Brasiliense de Medicina da Família e Comunidade
8.Associação Catarinense de Pneumologia e Tisiologia
9.Associação de Medicina Intensiva Brasileira
10.Associação de Medicina Intensiva do DF
11.Associação de Pneumologia e Cirurgia Torácica do Rio Grande do Norte
12.Associação Maranhense de Pneumologia e Cirurgia Torácica
13.Associação Médica de Brasilia
14.Associação Paraense de Pneumologia e Tisiologia
15.Associação Paranaense de Pneumologia e Tisiologia
16.Associação Paulista de Medicina de Família e Comunidade
17.Associação Pernambucana de Pneumologia e Tisiologia
18.Faculdade de Medicina de Botucatu / Unesp
19.Sociedade Brasileira de Anestesiologia
20.Sociedade Brasileira de Cardiologia
21.Sociedade Brasileira de Cirurgia Torácica
22.Sociedade Brasileira de Dermatologia
23.Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
24.Sociedade Brasileira de Hepatologia
25.Sociedade Brasileira de Infectologia
26.Sociedade Brasileira de Nefrologia
27.Sociedade Brasileira de Patologia
28.Sociedade Brasileira de Patologia Clínica / Medicina Laboratorial
29.Sociedade Brasileira de Pediatria
30.Sociedade Brasileira de Reumatologia
31.Sociedade Brasileira de Trombose e Hemostasia
32.Sociedade Brasileira para a Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente
33.Sociedade Brasiliense de Doenças Torácicas
34.Sociedade Brasiliense de Reumatologia
35.Sociedade Cearense de Pneumologia e Tisiologia
36.Sociedade de Pneumologia da Bahia
37.Sociedade de Pneumologia do Espírito Santo
38.Sociedade de Pneumologia e Tisiologia do Mato Grosso
39.Sociedade de Pneumologia e Tisiologia do Rio de Janeiro
40.Sociedade de Pneumologia e Tisiologia do Rio Grande do Sul
41.Sociedade Goiana de Pneumologia e Tisiologia
42.Sociedade Mineira de Pneumologia e Tisiologia
43.Sociedade Paraibana de Tisiologia e Pneumologia
44.Sociedade Paulista de Infectologia
45.Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia
46.Sociedade Paulista de Reumatologia

Fonte: Bahia Notícias

A Bahia bateu mais um novo recorde de internações em leitos de UTI por Covid-19. Neste domingo (28), 983 pessoas estão hospitalizadas com quadro grave da doença, segundo boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia. Destas, 26 são crianças. Até então, o maior número havia sido registrado na quinta (25), com 945 hospitalizados. A ocupação de leitos de UTI adultos atingiu 84%. Neste domingo, o governo estadual abriu mais 17 UTIs para reduzir a pressão no sistema de saúde. 

 

Na casa dos 100 desde quinta-feira (25), a quantidade de óbitos por Covid-19 saiu deste patamar pela primeira vez neste domingo (28), na Bahia. Nas últimas 24 horas, foram registradas 90 mortes provocadas pela doença. O número, apesar de menor, ainda é alto se comparado ao primeiro pico da pandemia, entre julho e agosto do ano passado, quando o máximo chegou à casa dos 70 óbitos.

 

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 11.819, o que representa uma letalidade de 1,73%. Dentre os óbitos, 56,52% ocorreram no sexo masculino e 43,48% no sexo feminino. No quesito raça e cor dos mortos, 55,03% corresponderam a parda, seguidos por branca com 20,60%, preta com 14,72%, amarela com 0,55%, indígena com 0,14% e não há informação em 8,95% dos óbitos

 

Nas últimas 24 horas, foram confirmados 3.133 novos casos de Covid-19. Desde o início da pandemia, foram 684.037 casos confirmados da doença. 

 

São 20.506 casos ativos, uma tímida redução em relação ao sábado (27) - 20.582 casos ativos - o que mostra que a situação da pandemia na Bahia continua grave. Margem semelhante havia sido registrada pela primeira vez no início de maio de 2020 e pela última na segunda quinzena de julho do mesmo ano.

Fonte: Bahia Notícias

O vereador Irmão Lázaro (PL) continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular em Feira de Santana, por causa de complicações provocadas pela Covid-19. 

 

Segundo boletim médico divulgado neste domingo, Lázaro continua intubado, apresentando saturação e oxigenação melhores ao decorrer do dia, ainda inspirando muitos cuidados para que continue evoluindo com o tratamento. Ele responde positivamente às manobras e com redução de medicações. 

 

Irmão Lázaro já foi deputado federal e, em 2018, concorreu ao Senado, não sendo eleito. Nas eleições de 2020, conseguiu uma vaga na Câmara Municipal de Salvador. Atualmente cantor gospel, Lázaro já foi cantor do Olodum.

Fonte: Bahia Notícias

O índice que mede a falta de variedade de produtos nas prateleiras dos supermercados subiu em janeiro, voltando aos maiores níveis registrados na pandemia, segundo a Neogrid, empresa de software para o varejo que faz o monitoramento.

O indicador, que é conhecido como ruptura, ficou em torno de 12,5% em janeiro, acima dos 12,1% do mês anterior. Desde o início da pandemia, os maiores números foram registrado em maio e junho, com 12,6% e 12,5% respectivamente.

Segundo a Neogrid, a ruptura em alta é resultado da escassez de itens para embalagem na indústria, como papel e alumínio. Outro fator é a queda do poder de compra após o fim do auxílio emergencial, que leva os consumidores a se concentrarem na

Fonte: Bahia Notícias

A seletiva olímpica da Bahia da Maratona Aquática foi adiada por conta da pandemia do novo coronavírus. O torneio, que vai classificar dois nadadores do Brasil a para a disputa mundial para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, estava marcado para acontecer nos dias 6 e 7 de março na Praia de São Tomé de Paripe, em Salvador. De acordo com o anúncio da Federação Baiana de Desportos Aquáticos (FBDA), a disputa acontecerá em outro estado.

 

"A ansiedade e a vontade de voltarmos as competições com todo gás é tamanha, mas reconhecemos que o momento agora é de zelarmos pela vida e tomarmos todas as medidas necessárias para realizar os campeonatos da forma mais segura possível. Ressaltamos que a FBDA e seus parceiros, junto a CBDA, esgotaram todas as possibilidades imagináveis, buscamos diversos locais, incluindo regiões fora de Salvador, apresentamos protocolos de segurança e esquemas de rodízio entre os participantes para executarmos as provas no próximo final de semana. Mas, com o cenário de lockdown, previsto para continuar na semana seguinte, torna- se inviável a realização do evento", diz o comunicado.

 

Em entrevista ao Bahia Notícias, o nadador baiano Allan do Carmo comentou o momento de incertezas envolvendo os Jogos de Tóquio 2020 em meio a pandemia do novo coronavírus.

 

"As coisas voltaram um pouco à normalidade, mas nada 100%, não só no Brasil como no mundo todo. No meu caso, venho treinando com todas as orientações, recomendações e protocolos de segurança e com as incertezas das competições. A gente praticamente fica esperando a semana para poder ter uma posição se vai ocorrer ou não. Como está a situação do local, se pode viajar ou se está tendo transporte para chegar nos locais. Então, hoje a questão fica com essas situações em que a qualquer momento pode estar acontecendo algo diferente. Além da gente precisar se preparar fisicamente, psicologicamente para a competição, tem que se preparar para caso ocorra alguma coisa externa nessa situação do coronavírus", disse.

 

A seletiva olímpica mundial programada para o dia 30 de maio em Fukuoka, no Japão.

Fonte: Bahia Notícias
27
Fev / 2021

Vagas abertas!

Fonte: Grupo Santo Antônio

Fonte: Grupo Santo Antônio

Toda vez em que um paciente apresenta sintomas como febre e dores no corpo e procura o Plantão de Atendimento da Dengue, no pátio da UPA em Luís Eduardo Magalhães, uma notificação é gerada. A partir daí a Vigilância Epidemiológica é acionada e os agentes de Endemias realizam um bloqueio no quarteirão em que a pessoa reside.


“As ações de bloqueio realizadas pelos agentes de Endemias têm como objetivo eliminar o mosquito Aedes Aegypti adulto, além de vistoriar as residências, eliminando quaisquer possíveis criadouros do mosquito e orientar a população sobre a forma adequada de combater os focos domiciliares. Os bairros são selecionados de acordo com o número de casos notificados por determinada área”, explicou a diretora de Vigilância em Saúde, Juliana Melo.


Foi o que aconteceu nesta quinta-feira (25), no bairro Jardim Primavera, onde Amanda Britto foi diagnostica com Chikungunya.


“Eu achei uma ação muito importante, porque mostra o cuidado não só comigo e com a minha família, mas também com os meus vizinhos e moradores do bairro”, disse.

Fonte: ASCOM Prefeitura de LEM

A Secretaria de Esporte e Lazer de Luís Eduardo Magalhães tem se movimentado para que no momento em que as medidas restritivas da pandemia sejam flexibilizadas, o Município esteja preparado para retomar as atividades esportivas com força total.


Entre as iniciativas da pasta, está a busca por parcerias. Uma com a Federação Baiana de Judô e outra com a Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (SUDESB) e a Caixa Econômica Federal. “São projetos que terão um gasto menor para o Município, devido a essas parcerias”, disse a diretora de Esportes e Lazer, Vânia Cenci.


Judô na Escola

“A nossa ideia é fazermos dois polos: um no ginásio do Jardim das Acácias e outro no Santa Cruz, assim as crianças e os jovens não precisarão atravessar a BR 242 para fazer as aulas. O objetivo do projeto é atender 400 crianças, 200 no Jardim das Acácias, que envolveria Mimoso 1, 2 e 3 e Jardim das Oliveiras. Toda essa parte acima da BR 242. E 200 crianças no bairro Santa Cruz, Floraes Léa, Jardim Paraíso e Conquista. Para ficar mais fácil o deslocamento”, contou.


“Esse é um projeto que está bem encaminhado, estamos aguardando a pandemia passar para começarmos a movimentá-lo. Será um sonho que vai se tornar uma realidade bem próxima”, pontuou Vânia.


Ginástica Rítmica

“Esse projeto da ginastica rítmica é um sonho de 20 anos. É uma modalidade linda de se ver e que tem uma evidência no Oeste da Bahia até a nível estadual. Iremos fazê-lo em parceria com a SUDESB e a Caixa Econômica Federal. Já temos o local, será no bairro Jardim das Acácias e agora no mês de março vamos dar andamento aos trâmites burocráticos para recebermos todo o material necessário para a prática esportiva”, concluiu.

Fonte: ASCOM Prefeitura de LEM

A Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, através da Secretaria de Agricultura firmou mais uma importante parceria para impulsionar os projetos de agricultura familiar. Dessa vez, com a Captar Agrobusiness, que fornecerá esterco produzido no confinamento da empresa.


O material, que é tratado e analisado em laboratório, será utilizado nas hortas comunitárias, praças e espaços públicos da cidade. Além de proporcionar economia, a cooperação também garantirá assistência técnica para os pequenos produtores do município.

Fonte: ASCOM Prefeitura de LEM

Representantes da Associação dos Pequenos Produtores Rurais do povoado da Muriçoca foram recebidos na sede da Secretaria de Agricultura de Luís Eduardo Magalhães. Na ocasião, foram recebidos pelo diretor de Agricultura, Kenni Henke.


Durante o encontro foi apresentada a lista das famílias interessadas em participar do projeto de inclusão da agricultura familiar que está sendo reestruturado pelas secretarias municipais de Agricultura e de Trabalho e Assistência Social.


"O novo modelo garantirá maior acesso e rentabilidade para quem participar da iniciativa", disse Henke.

Fonte: ASCOM Prefeitura de LEM

A partir do próximo mês de março, as duas unidades móveis flutuantes do INSS, Instituto Nacional do Seguro Social, os PREVBarcos, retomam o atendimento às comunidades ribeirinhas de quatro municípios do Pará.

 

O Prevbarco I, embarcação vinculada à Gerência-Executiva Belém, começa o ciclo de viagem no próximo dia 1º de março, enquanto o PREVBarco II, pertencente à Gerência-Executiva de Santarém, inicia o cronograma somente a partir da segunda semana do mês. 

 

O PREVBarco I fará o atendimento em Anajás, Pará, onde estará ancorado de 1º a 5 de março. 

 

Depois, a unidade flutuante zarpa para o município de Afuá, onde realiza atendimento durante duas semanas, entre 8 e 19 de março.

 

Já o PREVBarco II começa o atendimento somente no dia 8 de março, em Prainha, no oeste paraense, onde fica até o dia 12. 

 

De lá, a embarcação navega para Monte Alegre, também município da região do Baixo Amazonas, onde presta atendimento por duas semanas, de 15 a 26 de março.

 

Ambas as unidades contam com protocolos de segurança e higiene em prevenção ao novo coronavírus. 

 

Para que os beneficiários possam entrar nas embarcações, é necessário o uso de máscara e a verificação de temperatura. 

 

Além disso, os barcos estão equipados conforme os requisitos de acessibilidade para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

Fonte: Rede Nacional de Rádio

A Receita Federal divulgou as regras para a entrega da Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física 2021.

 

O prazo de envio terá início em 1º de março e terminará no dia 30 de abril de 2021. 

 

Após essa data, o contribuinte que apresentar a declaração estará sujeito à multa pelo atraso. 

 

A expectativa é de que 32 milhões de declarações sejam enviadas até o final do prazo.

 

O Programa Gerador da Declaração já está disponível para download, assim como o aplicativo “Meu Imposto de Renda”. 

 

Também foi lançada a nova página do Imposto de Renda no site da  Receita federal com linguagem simplificada para maior acessibilidade. 

 

Outra novidade é que, para sistemas operacionais Windows, Linux e Mac, não será mais necessário instalar a plataforma computacional Java para envio da Declaração de Imposto de Renda. 

 

Para mais informações, acesse o site www.gov.br/receitafederal e clique em "Meu Imposto de Renda".

Fonte: Rede Nacional de Rádio

Os contribuintes que receberam o auxílio emergencial por conta da pandemia da Covid-19 são obrigados a declarar o Imposto de Renda da Pessoa Física, caso tenham recebido, junto com o auxílio, outros rendimentos tributáveis em valor anual superior a R$ 22.847,76. 

 

O contribuinte que tiver rendimento maior que esse valor deve devolver o auxílio emergencial. 

 

Estima-se que cerca de 3 milhões de declarações  possuam algum tipo de devolução a ser feita. 

 

Informações sobre como realizar a declaração e a devolução podem ser encontradas no site do Ministério da Cidadania no endereço gov.br/cidadania.

Fonte: Rede Nacional de Rádio

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, apresentou nesta quinta-feira (25/02) novas ações de enfrentamento à pandemia da Covid-19 no Brasil. 

 

As medidas foram acordadas junto com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde.

 

Segundo o ministro, o país está enfrentando uma nova etapa dessa pandemia. Ele acrescentou que a velocidade com que a contaminação acontece em pontos focais pode surpreender o gestor em termos de estrutura de apoio. Pazuello destacou também que precisamos estar alertas e preparados”.

 

Reforçando que o Sistema Único de Saúde é tripartite, Pazuello detalhou a articulação feita pelo governo federal com as gestões estaduais e municipais para combate à doença.

 

O ministro da Saúde anunciou três grandes ações para enfrentar essa nova etapa da pandemia: o atendimento imediato nas Unidades Básicas de Saúde, a estruturação da capacidade de leitos clínicos e de UTI e a vacinação.

 

Sobre a imunização dos brasileiros, o ministro reforçou que “o país terá capacidade de vacinar a metade da população vacinável do país até a metade do ano. E a outra metade até o fim de 2021”.

Fonte: Rede Nacional de Rádio

Para garantir atendimento ágil e de qualidade para pacientes com Covid-19, o Ministério da Saúde pactuou, com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde novas regras para a autorização de abertura de leitos de UTI para tratamento da doença. 

 

A decisão conjunta foi tomada nesta quinta-feira (25), durante a 2ª Reunião Ordinária da Comissão Intergestores Tripartite. 

 

Para o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, as decisões pactuadas com estados e municípios têm como principal objetivo a proteção de todos os brasileiros. 

 

Entre outras mudanças, as novas regras estabelecem que os leitos de UTI Covid-19 autorizados pelo Ministério não precisarão mais de prorrogação e podem seguir operando até o final da pandemia. 

 

Além disso, o custeio dos leitos será feito de forma integral pelo Ministério da Saúde através de repasses mensais, e não mais com a antecipação de verbas. 

 

As medidas garantem maior celeridade ao processo de autorização de leitos, possibilitando que ainda mais vidas sejam salvas. 

 

As novas diretrizes aumentam a segurança jurídica e financeira dos gestores municipais e estaduais.

Fonte: Rede Nacional de Rádio

O presidente Jair Bolsonaro visita nesta sexta feira (26) o Ceará. Ele vai participar da solenidade que marcará a retomada de três obras inacabadas em estradas federais que cortam o estado.

 

O evento contará com a participação  do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

  

A ação faz parte da linha adotada pelo governo federal de concluir de obras paralisadas por gestões anteriores.

  

A agenda inclui passagens por Tianguá, Caucaia, Horizonte e Fortaleza. A agenda irá marcar a assinatura de ordens de serviço para o reinício da Travessia Urbana de Tianguá, na BR-222,  novos traçados da rodovia em Umirim e no distrito de Frios, também na BR-222 , além da conclusão do viaduto de acesso à cidade de Horizonte na BR-116.

 

Também está prevista visita às obras de duplicação em pavimento de concreto na rodovia BR-222/CE, no trecho Caucaia-Pecém e às obras de duplicação do Anel Viário de Fortaleza.

Fonte: Rede Nacional de Rádio

A Receita Federal apreendeu, nesta quinta-feira (25), 1,7 tonelada de cocaína, durante inspeção de contêineres destinados à exportação no Porto de Santos. A droga estava escondida em uma carga de tapioca com destino a Valência, na Espanha.

Esse foi o terceiro dia consecutivo em que os agentes aduaneiros encontraram cocaína em cargas despachadas no porto. Na quarta (24), foram encontrados 67 kg do entorpecente alocados em uma carga de algodão; na terça (23), foram 501 quilos, ocultos em sacas de açúcar.

O carregamento de cocaína foi detectado por cães farejadores. Além desse método, costuma-se realizar a inspeção não intrusiva por imagens de escâner. A droga já foi entregue à Polícia Federal, que acompanhou a operação e prosseguirá com as investigações.

Segundo a Receita, as ações promovidas na alfândega do Porto de Santos em 2021 resultaram na apreensão de 4 toneladas de cocaína. Em janeiro, os agentes também fizeram outra grande interceptação, de quase 1 tonelada do entorpecente. Na ocasião, a droga estava escondida em sacas de soja.

*Estadão

Fonte: Pleno News

Nesta quinta-feira (25), o Ministério da Saúde assinou um contrato para a aquisição de 20 milhões de doses da vacina Covaxin, desenvolvida pelo laboratório indiano Bharat Biotech. De acordo com a Pasta, 8 milhões de doses do imunizante contra a Covid-19 devem chegar ao país em março.

As vacinas virão em dois lotes e serão entregues entre 20 e 30 dias após o contrato ser assinado. Em abril, mais 8 milhões de doses devem chegar ao Brasil. Já o último lote, com 4 milhões, será entregue em maio.

O contrato assinado com o Ministério da Saúde prevê um investimento de R$ 1,6 bilhão. O laboratório indiano é representado no Brasil pela Precisa Medicamentos.

O pedido de uso emergencial da vacina foi apresentado à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no dia 5 deste mês.

Fonte: Pleno News
  Curta nossa página
  PUBLICIDADE

| Todos os Direitos Reservados |