Blog Santo Antônio
Notícias
Portaria do órgão promove maior transparência ao processo de emplacamento e oportunidades para pequenas estampadoras

Já está valendo a uniformização de preços cobrados pelas empresas de confecção de placa de identificação veicular (PIV), em todo estado da Bahia. A fixação sobre a remuneração dos serviços prestados pelas empresas, que entrou em vigor em 01 de janeiro de 2022, é uma normatização da Portaria 20/2020 do Detran-BA (Departamento Estadual de Trânsito) que aprovou o regulamento de credenciamento das estampadoras. 

Com o objetivo de auxiliar o cidadão durante a realização do primeiro emplacamento, transferência de propriedade com alteração de domicílio, dentre outras situações, o Detran-BA passou a uniformizar os preços praticados em quase 300 empresas credenciadas através da Portaria 235/2021. A nota fiscal pelo serviço será exigida pelo Departamento como forma de acompanhar o cumprimento da nova Portaria. O documento será anexado por ocasião da abertura ou fechamento do serviço que demande estampagem de placas no órgão. 

A normatização dos preços de estampagem de PIV para placas Mercosul varia entre valores mínimo e máximo para cada categoria veicular. 

O valor unitário da placa para motocicletas e assemelhados está fixada entre R$126,50 e R$158,13, segundo a Portaria publicada no último mês de dezembro. 

Valores estabelecidos para os demais veículos custam agora, por unidade, entre R$104,01 e R$ 130,01. 

A uniformização nos preços das placas é uma das ações de planejamento que se torna realidade para o público que busca o serviço das credenciadas junto ao Detran-BA, após criterioso trabalho de estudo e pesquisa, com colaboração da ABEEP (Associação Baiana das Empresas Estampadoras). 

“Além de possibilitar maior transparência ao processo para que o cidadão tenha a segurança que os valores cobrados pelo serviço são disciplinados pelo Detran-BA, passamos a colaborar com a uniformidade e sustentabilidade das estampadoras, que terão melhores oportunidades de mercado”, reforça o diretor-geral do órgão, Rodrigo Pimentel.

Fonte: Detran BA

Durante toda a semana, equipes do Centro de Controle de Zoonoses mantém o trabalho de vigilância contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela, em Barreiras. Além das ações desenvolvidas a partir das notificações por moradores, atividades adicionais de fiscalizações, educativas e o controle químico com máquina costal estão sendo feitas pelas equipes nos bairros do município.

Nessa segunda-feira (10), o trabalho de casa em casa foi realizado nos bairros de Barreirinhas, Vila Amorim e Novo Horizonte. Já nesta terça-feira (11), as equipes de endemias se concentram nos bairros Barreiras Sul, Cidade Nova, São Miguel, Boa Sorte e no Centro da cidade.

Nesse período de maior incidência de chuva a população pode redobrar os cuidados individuais, colaborando no combate efetivo para reduzir o índice de infestação do mosquito Aedes aegypti, como por exemplo, manter os reservatórios de água fechados, deixar objetos que possam acumular água na área externa da casa e ainda manter o quintal limpo. Conforme o coordenador do Centro de Controle de Zoonoses, essas visitações domiciliares fazem parte do fortalecimento das medidas de prevenção e promoção à saúde.

“O trabalho e o controle das arboviroses é realizado diariamente pelos 93 agentes de endemias. Estamos no período chuvoso no município e em toda região, o que aumenta as chances de proliferação do mosquito, dessa maneira pedimos que a população receba os agentes e faça, principalmente, a sua parte. Além do papel educativo orientando a população, estaremos nesses bairros durante toda semana, realizando vistorias nas residências, depósitos, terrenos baldios e estabelecimentos comerciais em busca de eliminar focos endêmicos”, destacou Dorimar Almeida.

 

Fonte: Dircom PMB

O consumo de até 5 litros de energético nos finais de semana, associado a bebidas alcoólicas, pode ter contribuído para um infarto do miocárdio no analista financeiro Allan da Costa Silva, de 27 anos. Após três eletrocardiogramas, um a cada 30 minutos, e com os resultados do exame de sangue em mãos, os médicos chegaram ao diagnóstico. A reportagem é do portal UOL.

O episódio aconteceu na manhã de 28 de dezembro, quando Allan acordou com dores no peito e no braço, e precisou ser hospitalizado. "Nunca tinha sentido essa dor antes, era muito forte. Ela não variava de intensidade, não diminuía em momento algum", contou ao UOL.

Levado para a emergência de um hospital na região de Caieiras, em São Paulo, Allan contou que os médicos se surpreenderam com a existência de alguns coágulos em seu coração.

"Eles chamam isso de 'trombose coronária'. O cardiologista chegou a me perguntar se eu consumia cocaína, então eu disse que não, que nunca tinha usado".

Porém, o analista revelou que fazia uso abusivo de energéticos misturados com bebidas alcoólicas aos finais de semana, apesar de tomar semanalmente altas doses da bebida há cerca de 11 anos, nunca passou mal a ponto de ser atendido em um hospital.

"Sou uma pessoa ativa, estou sempre praticando esportes, jogo bola toda semana. Eu sabia que energético fazia mal por acelerar o coração. Às vezes, depois de beber alguns copos, sentia umas dores no peito mas sempre passava. Quando a gente é jovem, não acredita que possa acontecer algo de ruim”, disse. 

O analista revelou ao UOL que chegava a tomar toda sexta, sábado e domingo, de 6 a 7 copos de 700 ml de energético por dia, misturado com uma porcentagem pequena de uísque ou vodca. Num único final de semana, seu consumo pessoal de energético podia chegar a 5 litros. 

"A dor que eu senti eu não desejo para ninguém, nem para o meu pior inimigo", diz Silva. 

Especialista em cardioesporte, a cardiologista Nicolle Queiroz afirmou à publicação que quando combinados à bebida alcoólica, os energéticos podem ser ainda mais perigosos. A combinação gera uma "briga interna" no organismo. Enquanto o álcool age como um depressor das funções neurais, os energéticos atuam liberando hormônios neuroestimulantes, como a noradrenalina e a adenalina. Por estimular efeitos contrários, a combinação álcool + energético provoca inflamação e retração dos vasos simultaneamente, de forma abrupta.

A médica ainda alertou que os sintomas de ingestão excessiva de energéticos são os mesmos de uma pessoa que está infartando. Aperto ou dor no peito, no pescoço, nas costas ou nos braços, bem como fadiga, tontura, batimento cardíaco anormal e ansiedade.

Fonte: Bahia Notícias

A partir dessa próxima quarta-feira (12), a Unidade de Saúde Dr. Marcelo de Souza Cardoso XXVI estará funcionando e atendendo os pacientes no mesmo prédio da Unidade Básica de Saúde Emilly Raquel, localizado na Rua Ruy Barbosa, Bairro Parque Santa Lúcia. Com a mudança, a Unidade que preserva suas características de funcionamento, terá acesso exclusivo e continua nas imediações do Centro, cruzando apenas a Av. Capitão Manoel Miranda.

A Secretaria de Saúde de Barreiras esclarece que todos os 3.120 usuários cadastrados na Unidade permanecerão com a mesma equipe médica, odontológica, de enfermagem, vacinadores e marcadores de exames, atendendo de segunda a sexta-feira, das 07h30min às 11h30min e das 13h30min às 17h30min.

Fonte: Dircom PMB
Neoenergia Coelba zerou a cobrança de juros, correção e multa dos clientes cadastrados na Tarifa Social de Energia Elétrica

A Neoenergia Coelba, encerra na próxima quinta-feira (13), a Campanha Saldão Baixa Renda. A iniciativa tem como finalidade zerar a cobrança de juros, correção e multa dos clientes inscritos na Tarifa Social e que possuem contas de energia elétrica em atraso, podendo chegar a um desconto de até 36% no valor total da dívida. Na campanha, a distribuidora permite a quitação do débito à vista ou dividido em até 18 parcelas. A intenção da empresa é contribuir com a recuperação financeira dos consumidores que tiveram dificuldade de liquidez durante a pandemia.
 
O cliente que deseja participar desta negociação deve entrar no portal da empresa e clicar no link negociação de dívidas para realizar todo o processo de forma virtual. Além do site, as negociações podem ser realizadas via Whatsapp (71 3370-6350), pelo teleatendimento, no número 116, ou nas lojas de atendimento presencial.
 
“Estamos convocando os clientes de baixa renda que possuem contas de energia em atraso para esses últimos dias de negociação. Entendemos que este é um grupo de consumidores que foi bastante afetado pela pandemia. Desta forma, preparamos condições jamais vistas no Estado para ajudar os nossos consumidores a se manterem em dia”, afirmou o gerente de Gestão da Receita da Neoenergia Coelba, Rodrigo Almeida.
 
A negociação para cliente baixa renda é mais uma iniciativa da Neoenergia Coelba que tem como finalidade contribuir com a saúde financeira dos baianos. Nos últimos meses, a concessionária ampliou suas formas de pagamento digital, com possibilidades de quitação PicPay, Pix, RecargaPay, débito em conta, e no cartão de crédito em até 24x no portal de negociações, além dos agentes bancários tradicionais. Além disso, a fatura já pode ser entregue via e-mail, para evitar contato com o papel e contribuir com o isolamento social e o meio ambiente. O atendimento ao público foi ampliado e passou a ser feito também pelo Whatsapp (71 3370-6350), redes sociais, teleatendimento (116), site oficial (www.neoenergiacoelba.com.br) e nas tradicionais lojas de atendimento, que estão seguindo todos os protocolos sanitários visando a segurança dos clientes e dos atendentes.
Fonte: Coelba

O Pleno do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) determinou a perda do foro privilegiado do juiz Sérgio Humberto de Quadros Sampaio, em uma ação penal movida pelo Ministério Público estadual (MP-BA). O relator do caso era o desembargador Pedro Guerra, que chegou a decretar uma nova prisão do magistrado, em outubro de 2021.

No processo, o juiz, já aposentado compulsoriamente pelo Pleno do TJ-BA, é acusado de corrupção passiva e ativa, junto com os delatores da Operação Faroeste, Júlio César Cavalcanti Ferreira, Nelson José Vigolo e Vanderlei Chilante. Os réus também são acusados da prática de lavagem de dinheiro.

A defesa do próprio Sérgio Humberto pediu o reconhecimento da incompetência do Pleno para julgar a ação penal, diante da perda do cargo de magistrado por aposentadoria compulsória. Os autos serão remetidos para um Juízo Criminal de 1º Grau. Ao determinar a remessa dos autos, o desembargador fez um alerta de que, no próximo dia 25 deste mês vencerá o prazo de 90 dias para revisão da prisão provisória, conforme previsto no artigo 316 do Código de Processo Penal.

Fonte: Bahia Notícias

Após reunião realizada no fim da manhã desta segunda-feira (10), o governador Rui Costa decidiu reduzir para até 3 mil o número máximo de pessoas em eventos em todo o território baiano, incluindo estádios de futebol. O novo decreto será publicado na edição desta terça-feira (11) do Diário Oficial do Estado (DOE) e substitui o atual, que permite até 5 mil pessoas em eventos e teria validade até o dia 14 de janeiro.

De acordo com o governador, dois parâmetros foram determinantes para a decisão. “Estamos lidando com uma situação de pré-colapso nas emergências municipais, UPAs, postos de saúde e nas emergências dos hospitais estaduais, assim como uma verdadeira explosão do número de casos ativos. Estamos lidando com essa pandemia desde março de 2020 e, com a experiência desse tempo, ficou comprovado que toda vez que se restringe o contato, restringimos o contágio. Esperamos que essa medida sirva de alerta também para quem organiza eventos, que passem a exigir o atestado de vacinação com maior rigor”, afirmou.

Além do número máximo de 3 mil pessoas, os eventos devem obedecer à regra de lotação máxima de 50% da capacidade de cada local. Serão mantidas no novo decreto as obrigatoriedades da comprovação de vacinação contra a Covid-19 e do uso de máscara pelo público e demais participantes dos eventos. Essa exigência se estenderá para bares e restaurantes que, a partir de agora, devem exigir dos clientes o comprovante de vacinação.

“É importante que todos ajudem, comerciantes, donos de bares e restaurantes, que exijam o uso de máscara e o comprovante de vacinação para entrada em seus estabelecimentos. Dessa forma, vocês estarão protegendo a saúde das pessoas e também os seus negócios, sua atividade econômica. Se todo mundo ajudar, a gente sai dessa situação rapidamente”, acrescentou Rui.

A decisão pelo reforço de medidas de maior restrição ocorre para tentar conter o aumento de casos de infecção pelo coronavírus. O número de casos ativos na Bahia já ultrapassa a marca dos 4 mil, de acordo com o boletim mais recente divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

O governador falou também sobre a possibilidade de ampliação dos leitos de UTI na Bahia. “Nós estamos ampliando os leitos para Covid nos hospitais existentes, o Espanhol, Metropolitano e Couto Maia, e também para receber pacientes graves de H3N2. Estamos separando alas diferentes para atender os infectados dessa doença [H3N2] que tem crescido muito também e é muito contagiosa”, disse.

Participaram da reunião os secretários estaduais da Saúde, Tereza Paim, e da Casa Civil, Carlos Mello, e o procurador-geral do Estado, Paulo Moreno.

Fonte: Secom BA

No final da tarde de ontem, segunda-feira, 10, por volta das 17h15, após compartilhamento de informações, guarnições da CIPE Cerrado e PETO da 85ª CIPM, se deslocaram até a agência da Caixa Econômica Federal, no Centro de LEM, onde um homem, tentava realizar o golpe conhecido como "saque aniversário", utilizando-se de documento falsificado.

O fato que foi verificando prontamente após abordagem, busca pessoal e posterior identificação. Outros dois homens que também participariam do golpe, não foram localizados. O homem recebeu voz de prisão e foi conduzido para o DISEP, para que fossem tomadas as medidas cabíveis.

Fonte: CIPE CERRADO

Fonte: Grupo Santo Antonio

 

 

Fonte: Grupo Santo Antonio

 

Fonte: DIRCOM

A Prefeitura de Barreiras, por meio da Secretaria de Saúde, informa a situação epidemiológica do município. Desde o Boletim Nº 683, de 06 de janeiro de 2022, não houve coleta de amostras de casos que indicam suspeição de coronavírus (Covid-19)

Informa ainda, que foram concluídos 172 (cento e setenta e dois) resultados, sendo que 84 (oitenta e quatro) testaram negativos e 88 (oitenta e oito) testaram positivos. Os 84 (oitenta e quatro) casos que testaram negativos trata-se 53 (cinquenta e três) pessoas do sexo feminino com idades entre 05 e 91 anos, e 31 (trinta e um) pessoas do sexo masculino com idades entre 11 e 82 anos.

Já os 88 (oitenta e oito) casos que testaram positivo, trata-se de 49 (quarenta e nove) pessoas do sexo feminino, com idades entre 14 e 82 anos. Destas, 40 (quarenta) são sintomáticas, sendo 02 (duas) profissionais de saúde e 09 (nove) preencheram requisitos para coleta e, 39 (trinta e nove) pessoas do sexo masculino, com idades entre 02 e 84 anos. Destes, 31 (trinta e um) são sintomáticos e 02 (dois) profissionais de saúde e 07 (sete) preencheram requisitos para coleta.

Todos os 88 (oitenta e oito) casos que testaram positivos foram confirmados mediante Testes Rápidos, assim como os 84 (oitenta e quatro) casos que testaram negativos, totalizando 172 (cento e setenta e dois) casos.

A Secretaria de Saúde registra atualmente 20.663 (vinte mil e seiscentos e sessenta e três) casos confirmados por RT-PCR e Testes Rápidos. Destes, 20.188 (vinte mil cento e oitenta e oito) estão recuperados, 140 (cento e quarenta) estão em isolamento domiciliar, 09 (nove) pacientes estão internados e o município registra 326 (trezentos e vinte e seis) óbitos. Já os casos que aguardam resultado somam 64 (sessenta e quatro).

Barreiras tem 55.131 (cinquenta e cinco mil cento e trinta e um) casos notificados, sendo que o primeiro caso notificado no Sistema e-SUS VE foi em 26 de março de 2020. E 33.147 (trinta e três mil cento e quarenta e sete) foram descartados. De acordo com orientações recentes do Sistema e-SUS VE, o número total de notificados poderá sofrer variações em função dos descartes de casos com sintomas gripais.

Tão logo os demais resultados dos exames dos casos suspeitos sejam concluídos serão divulgados. A Secretaria de Saúde manterá a publicação de um boletim diário para que a população fique devidamente informada sobre o assunto.

Fonte: DIRCOM



Fonte: DIRCOM


Para garantir a mobilidade da população de comunidades rurais que cortam os municípios baianos e viabilizar o transporte dos produtos de agricultores familiares, o Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), está destinando R$ 12,4 milhões para a recuperação de estradas vicinais.

A iniciativa, que integra as ações emergenciais realizadas nos municípios mais atingidos pelas fortes chuvas no mês de dezembro, será executada via convênios com prefeituras municipais. Inicialmente, serão atendidos 140 municípios que estão sob decreto de emergência.

A estimativa é que até, a próxima segunda-feira (10), todos os municípios habilitados, com decreto de emergência, encaminhem os planos de trabalho para que os convênios sejam firmados até a próxima sexta-feira (14) e efetuados os pagamentos para dar início às obras. Os recursos, que serão de R$ 50 a R$ 120 mil, por município, serão destinados a partir da extensão territorial.

De acordo com o secretário da SDR, Josias Gomes, os consórcios irão ajudar com seus equipamentos e maquinários, para recuperar as estradas que foram acordadas nas reuniões realizadas com os consórcios. “É um passo para que a normalidade econômica, proveniente da agricultura familiar, possa voltar a acontecer e, com isso, nós garantimos renda aos nossos agricultores, aumentamos a oferta de produtos nas feiras livres e evitamos o aumento de preço, que é, sem dúvida, um grande problema em um momento como esse”, afirma.

O diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, ressaltou a necessidade desse investimento para reestabelecer a trafegabilidade das estradas vicinais dos municípios. “Tanto a produção agropecuária poderá continuar a ser escoada e comercializada, como também os insumos poderão chegar às propriedades rurais dos agricultores, para restaurar a produção e incrementar a renda das famílias, que perderam suas produções com as enchentes”.

O chefe de gabinete da SDR, Jeandro Ribeiro, explica que foi realizada uma série de reuniões com a equipe técnica da secretaria e com os municípios, para operacionalizar os convênios para a recuperação das estradas vicinais. “O primeiro passo foi criar a metodologia para evitar o excesso de burocracia e darmos segurança jurídica ao processo. Estabelecemos, por portaria, um teto de valor por município, definida a partir da extensão territorial”.

A estratégia emergencial, para o atendimento aos agricultores e agricultoras familiares de comunidades rurais atingidas pelas fortes chuvas, conta com o apoio e a mobilização dos consórcios públicos: Baixo Sul (Ciapra), de Desenvolvimento Sustentável Litoral Sul (CDS), Intermunicipal da Mata Atlântica (CIMA), Regional de Infraestrutura (Construir), de Desenvolvimento Sustentável da Costa do Descobrimento (Condesc), de Desenvolvimento Sustentável do Vale do Jiquiriçá (Convale), Intermunicipal do Sudoeste da Bahia (Cisudoeste), Intermunicipal do Médio Rio das Contas (Cimurc), Intermunicipal do Vale do Rio Gavião (Civalerg) e de Desenvolvimento Sustentável do Território de Identidade do Médio Sudoeste da Bahia (Cotemesb).

Fonte: Assessoria de Comunicação SDR/CAR
A quantidade de maconha apreendida seria suficiente para produzir quase 30 milhões de cigarros, o equivalente ao dobro da população baiana.

PRF na Bahia registra aumento de 22% nas apreensões de maconha em 2021

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou o ano de 2021 com grande quantidade de drogas apreendidas nas rodovias e estradas federais que cortam a Bahia. Ao longo do último ano retiramos de circulação 14,7 toneladas de entorpecentes. Em 2020 foram 13,3 toneladas.

Os números apresentados entre janeiro e dezembro, registram um aumento de 22% no volume de maconha apreendido (13,7 toneladas), quando comparado ao mesmo período de 2020 (11,2 toneladas). A retirada de circulação desse tipo de droga representa um impacto financeiro de R$ 29,7 milhões de prejuízo para as organizações criminosas.

Já cocaína foram 870 quilos apreendidos. Em sua grande maioria foi de pasta base ou cloridrato de cocaína, que em razão do grau de pureza tem um valor mais alto no varejo. A pasta base de cocaína pode também ser convertida em pó o que faz triplicar o lucro dos traficantes. Essas apreensões de cocaína, causaram um prejuízo de 150 milhões de reais ao narcotráfico.

Apesar do Brasil não ser considerado produtor de cocaína, figura-se como um grande mercado consumidor, região de depósito e plataforma para a importação e exportação de drogas no mundo. Além disso, funciona como intermediário na rota para o tráfico internacional.

Destaque também para a apreensão de 7.215 comprimidos de ecstasy. Nos últimos anos houve um crescimento no comércio dessas ‘pílulas’. Elas produzem alterações no sistema nervoso central e são geralmente usadas em festas frequentadas por jovens, provocando euforia e alucinações. Se usada em altas doses, pode provocar convulsões e até parada cardiorrespiratória.

As apreensões de anfetaminas alcançaram 3.968 unidades. Essas substâncias conhecidas por ‘rebite’ são utilizadas pelos motoristas para diminuir o sono e também para dirigir por mais tempo na estrada, conduta perigosa que pode ocasionar acidentes graves, por isso, a PRF estará sempre coibindo com muito rigor tal prática.

Ainda foram apreendidos 104 quilos de crack; 11,2 quilos de haxixe, que é uma droga produzida a partir da resina da cannabis sativa (a planta da maconha) e tem um valor bem mais elevado; bem como a apreensão de 4,5 quilos de skunk, conhecida como a “supermaconha” que é uma droga produzida em laboratório feita através de vários cruzamentos de tipos de maconha e seus efeitos podem ser cerca de sete vezes mais fortes do que os da maconha comum.

Nos doze meses de 2021, foram registradas pela PRF BA 134 ocorrências relacionadas a crime de tráfico de drogas e 165 pessoas foram presas.

Principais ocorrências

A maior apreensão do ano registrada pela PRF BA, aconteceu em 16 de setembro, em Vitória da Conquista. Policiais abordaram um caminhão e decidiram vistoriar o compartimento de carga para uma fiscalização detalhada. O cão K9 Kaleu sinalizou que na carroceria do caminhão havia droga. Ao retirarem a lona, os policiais encontraram centenas de fardos contendo os tabletes de maconha, que após pesagem totalizaram 2.770 Kg (dois mil, setecentos e setenta quilos) da droga. A maconha estava em meio a um carregamento de feno que foi utilizado como parte do disfarce para tentar enganar a fiscalização. A carga ilícita renderia quase 6 milhões de reais ao tráfico de drogas. O motorista relatou que pegou a droga em Ourinhos (SP) e tinha como destino a cidade de Mossoró (RN). Disse ainda que receberia 6.000 reais pelo transporte.

Também em Vitória da Conquista, no dia 19 de dezembro, ocorreu mais uma grande apreensão de maconha. Foram 1.480 quilos retirados das rodovias federais e um traficante preso. A droga estava escondida em uma divisória falsa de uma van.

Em pleno feriado de Natal, 25 de dezembro, uma equipe fazia fiscalização em frente ao posto da PRF, em Feira de Santana, quando abordou um caminhão e após uma vistoria encontraram 2 toneladas de maconha. Os policiais também constaram que o caminhão era roubado e circulava com placas clonadas. O motorista foi preso pelos crimes de tráfico de drogas e receptação.

Já no dia 11 de agosto, no oeste da Bahia, em Barreiras, a PRF aprendeu 1.300 quilos de maconha escondidos em meio a uma carga de mudança. Pacotes da droga também foram encontrados dentro de uma geladeira e de um freezer. O motorista de 39 anos foi preso, juntamente com outros dois homens que faziam o serviço de ‘batedor’ do ilícito.

Sucesso no enfrentamento à criminalidade

Grande parte das apreensões da PRF se deve ao esforço e ao conhecimento do efetivo da Superintendência da PRF BA, que tem se aprimorado em treinamentos e capacitações contantes, além de operações conjuntas com outras forças policiais.

As organizações criminosas não utilizam um padrão para o transporte das drogas, assim como as pessoas recrutadas pelos traficantes, que possuem as mais diversas características. Em determinadas circunstâncias, os ilícitos são levados em compartimentos escondidos nas mais variadas partes do veículo, acondicionadas em meio a cargas, presas junto ao corpo das pessoas ou até mesmo engolidas.

Ao longo de 2021, encontramos drogas em caminhão de mudança, dentro de micro-ondas e até em geladeira e cilindro de gás. A maior apreensão de maconha foi encontrada em meio a um carregamento de feno que foi utilizado como parte do disfarce para tentar enganar a fiscalização.

Tudo isso eleva ainda mais a importância da expertise do Policial Rodoviário Federal, exigindo um trabalho minucioso, com o emprego das técnicas policiais na descoberta dos ilícitos.

Além disso, a PRF apertou o cerco ao narcotráfico com ações coordenadas e planejadas por inteligência policial, o que otimiza os resultados ao tornar mais efetiva as fiscalizações dos veículos nas rodovias.

A que se destacar também o trabalho especializado com cães farejadores que tem rendido excelentes resultados. O Grupo de Operações com Cães (GOC) trabalha com as raças Pastor Belga Malinois e Pastor Alemão. Os cães são treinados para farejar drogas, armas e munições e exercem sua função de forma lúdica – a "busca" do ilícito nada mais é que uma brincadeira em que a recompensa é um brinquedo e o carinho de seu guia.

Todas essas ações têm se mostrado um diferencial no enfrentamento ao tráfico de drogas. A ideia da PRF é ‘desmantelar’ toda a estrutura logística e financeira do crime organizado, visto que há outros ilícitos que orbitam o comércio de drogas, como o tráfico de armas e o de roubo de veículos, já que as organizações se utilizam destes veículos para a prática de outros crimes, como assaltos, transporte de drogas e contrabando.

Fonte: PRF

O Ministério da Saúde anunciou, nesta segunda-feira (10), a redução da quarentena de dez para sete dias para pessoas com casos leves e moderados de Covid-19.

Se no quinto dia o paciente estiver sem sintomas respiratórios ou febre e não ter feito o uso de medicamentos há 24 horas, ele poderá realizar a testagem. Caso o resultado seja negativo, o isolamento pode ser encerrado. Com o resultado positivo, a quarentena deve continuar até o décimo dia.

“A nossa mensagem principal é que o isolamento é de sete dias, se ele não quis testar no quinto e tiver sem sintomas no sétimo, ele pode sair do isolamento. Não é necessário testar. Recomendamos manter até o décimo”, explicou o secretário de vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros.

A pasta recomenda a todos que forem liberados da quarentena a utilização de máscaras do tipo N95 ou PFF2, evitar aglomerações e não realizar viagens até o décimo dia após o diagnóstico da doença.

A decisão, de acordo com Medeiros, foi tomada com base nas experiências dos Estados Unidos e do Reino Unido.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA reduziu, em 27 de dezembro, o tempo de quarentena de dez dias para cinco dias em pessoas sem sintomas. Mas o uso de máscara deve ser mantido perto de outras pessoas por pelo menos mais cinco dias.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, declarou que a variante Ômicron causa um número maior de casos, mas que ainda não há dados sobre o aumento de mortes.

Entretanto, foi observado pela pasta que “onde a vacinação caminhou bem não temos uma correspondência entre o número de mortes proporcionais ao aumento de casos”, alegou Queiroga.

“Como o Brasil avançou muito em relação à campanha de vacinação, nós podemos vislumbrar um cenário parecido com o que acontece nesses países”, analisou.

Fonte: CNN Brasil

Após reunião realizada no fim da manhã desta segunda-feira (10), o governador Rui Costa decidiu reduzir para até 3 mil o número máximo de pessoas em eventos em todo o território baiano, incluindo estádios de futebol. O novo decreto será publicado na edição desta terça-feira (11) do Diário Oficial do Estado (DOE) e substitui o atual, que permite até 5 mil pessoas em eventos e teria validade até o dia 14 de janeiro.

De acordo com o governador, dois parâmetros foram determinantes para a decisão. “Estamos lidando com uma situação de pré-colapso nas emergências municipais, UPAs, postos de saúde e nas emergências dos hospitais estaduais, assim como uma verdadeira explosão do número de casos ativos. Estamos lidando com essa pandemia desde março de 2020 e, com a experiência desse tempo, ficou comprovado que toda vez que se restringe o contato, restringimos o contágio. Esperamos que essa medida sirva de alerta também para quem organiza eventos, que passem a exigir o atestado de vacinação com maior rigor”, afirmou.

Além do número máximo de 3 mil pessoas, os eventos devem obedecer à regra de lotação máxima de 50% da capacidade de cada local. Serão mantidas no novo decreto as obrigatoriedades da comprovação de vacinação contra a Covid-19 e do uso de máscara pelo público e demais participantes dos eventos. Essa exigência se estenderá para bares e restaurantes que, a partir de agora, devem exigir dos clientes o comprovante de vacinação.

“É importante que todos ajudem, comerciantes, donos de bares e restaurantes, que exijam o uso de máscara e o comprovante de vacinação para entrada em seus estabelecimentos. Dessa forma, vocês estarão protegendo a saúde das pessoas e também os seus negócios, sua atividade econômica. Se todo mundo ajudar, a gente sai dessa situação rapidamente”, acrescentou Rui.

A decisão pelo reforço de medidas de maior restrição ocorre para tentar conter o aumento de casos de infecção pelo coronavírus. O número de casos ativos na Bahia já ultrapassa a marca dos 4 mil, de acordo com o boletim mais recente divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

O governador falou também sobre a possibilidade de ampliação dos leitos de UTI na Bahia. “Nós estamos ampliando os leitos para Covid nos hospitais existentes, o Espanhol, Metropolitano e Couto Maia, e também para receber pacientes graves de H3N2. Estamos separando alas diferentes para atender os infectados dessa doença [H3N2] que tem crescido muito também e é muito contagiosa”, disse.

Participaram da reunião os secretários estaduais da Saúde, Tereza Paim, e da Casa Civil, Carlos Mello, e o procurador-geral do Estado, Paulo Moreno.

Fonte: Secom BA

No final da tarde de ontem, segunda-feira, 10, por volta das 17h15, após compartilhamento de informações, guarnições da CIPE Cerrado e PETO da 85ª CIPM, se deslocaram até a agência da Caixa Econômica Federal, no Centro de LEM, onde um homem, tentava realizar o golpe conhecido como "saque aniversário", utilizando-se de documento falsificado.

O fato que foi verificando prontamente após abordagem, busca pessoal e posterior identificação. Outros dois homens que também participariam do golpe, não foram localizados. O homem recebeu voz de prisão e foi conduzido para o DISEP, para que fossem tomadas as medidas cabíveis.

Fonte: CIPE CERRADO

Na tarde da última sexta-feira, 7, uma guarnição da PRF e outra da SUTRANS que faziam abordagens na BR 020 KM 206, em LEM, avistaram um veículo VW GOL e o mandaram encostar para a verificação dos documentos de porte obrigatório, quando o condutor entregou o e-CRLV foi verificado sinais de inautenticidade (falso), na verificação no sistema foi então constatado que o documento era falso e o condutor foi conduzido ao DISEP e ficou a disposição da autoridade policial.

Fonte: SUTRANS

 

Fonte: Bahia Notícias
  Curta nossa página
  PUBLICIDADE

| Todos os Direitos Reservados |