Blog Santo Antônio
Notícias

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Publicidade

A prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, através da secretaria de Saúde oferece a população atendimentos e acompanhamento odontológico de qualidade. Os postos de saúde fazem os procedimentos básicos que são realizados pela equipe de saúde bucal da rede de atenção básica. Os pacientes com casos de maior complexidade são encaminhados para o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO).

De acordo com o diretor de Promoção da Saúde Bucal, Dr. Gustavo Ribeiro, são realizados mensalmente no CEO, cerca de 900 procedimentos odontológicos e entregues aproximadamente 100 próteses dentárias móveis. O procedimento para a prótese é realizado todo último sábado de cada mês.

A equipe do Centro de Especialidades Odontológicas é composta por dez especialistas, sendo três endodontistas, dois odontopediatras, um clínico geral, dois cirurgiões buco-maxilo, um periodontista e um dentista especializado em atendimento para pacientes especiais.

“Estamos trabalhando para oferecer a cada paciente um atendimento de qualidade e proporcionando orientações para que esse paciente tenha consciência da importância do cuidado com a saúde bucal”, declarou Ribeiro. “E para melhor atender os trabalhadores, nós também contamos no CEO com atendimentos no período noturno” finalizou.

O Centro de Especialidades Odontológicas de Luís Eduardo Magalhães está localizado na Avenida Tancredo Neves, ao lado da Policlínica Municipal, entre os bairros Santa Cruz e Florais Léa. O atendimento acontece de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 21h.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação (ASCOM) Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães/BA

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Publicidade

A prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, por meio da secretaria de Segurança, Ordem Pública e Trânsito realizou na última segunda-feira (22), uma capacitação com os monitores das unidades de educação infantil, sobre a importância da prevenção ao abuso sexual contra crianças e adolescentes. A iniciativa foi organizada pelo Programa Borboleta, que recebeu o apoio da secretaria de Educação.

De acordo com a coordenadora do programa, a ação abrangerá todos os gestores escolares e professores da educação infantil, com o intuito de identificar possíveis vítimas desse tipo de agressão. “As crianças passam boa parte do tempo nas escolas e ninguém melhor do que os funcionários para identificar qualquer tipo de mudança no comportamento dos meninos e meninas”, afirmou Flávia Rizkalla.

Durante a palestra, a equipe do Programa Borboleta elencou alguns sintomas de prováveis vítimas de abuso infantil, como crianças extremamente submissas, agressivas e antissociais, as que apresentam brincadeiras sexuais em excesso, as que resistem em retornar para casa e têm resistências à adultos do sexo oposto, além de meninos e meninas que apresentam dificuldade de concentração, que fogem de casa, depressivas, com comportamento de automutilação e permanente sentimento de culpa.

De acordo com os especialistas, cerca de 80% dos casos envolvem meninas. Destas, 49% têm entre 2 e 5 anos e 33% possuem idade entre 6 e 10 anos. Ainda de acordo com as estatísticas, em 2018 foram registrados através do Programa Borboleta 17 casos em Luís Eduardo Magalhães, sendo 76% envolvendo crianças do sexo feminino.

Para fazer denúncias sobre casos de abusos sexuais contra crianças e adolescentes, os moradores podem ligar para o Programa Borboleta através do número (77) 9 9701 1617, para a Polícia Militar através do 190 ou então para o Conselho Tutelar pelo número (77) 9 8802 4773. As próximas etapas do treinamento serão realizadas nos dias 31 de julho, 13 e 15 de agosto.

Fonte: Ascom Prefeitura LEM

Os alunos da Escola Municipal Adroaldo Fernandes de Morais, localizada na comunidade do Cerradão, vivenciaram uma manhã de solidariedade na segunda-feira, 22, com a chegada do Projeto “Algodão que Aquece” e os agasalhos que foram doados pelo Núcleo Mulheres do Agro, com apoio das empresas Cia Seeds, FMC, J&H Sementes e da Associação Baiana de Produtores de Algodão (Abapa). A iniciativa tem como objetivo, atender os alunos em vulnerabilidade social, que nesta época do ano, enfrentam as baixas temperaturas, principalmente nas comunidades ribeirinhas, que chegam a registrar 10 graus no início da manhã.

Alegres, os alunos comemoraram as doações ao lado da diretora da escola, Joeline Caires Soares que dividiu as experiências e a situação de muitas famílias nessa época. “Os agasalhos chegaram em boa hora, e esta campanha exala fraternidade, solidariedade e muito amor. Sei das necessidades dos alunos, e muitos chegam embrulhados em cobertor, mas a partir de agora, ficarão mais aquecidos”, disse.

A madrinha do projeto e diretora da Abapa, Alessandra Zanotto, falou sobre o reforço das empresas, o que possibilitou ampliar a quantidade de crianças beneficiadas. “Essa é uma ação muito feliz, e as Mulheres do Agro pelo segundo ano idealizam a campanha “Algodão que Aquece” com a preocupação de proteger do frio essas crianças, porque sabem que muitas famílias não têm dinheiro para comprar uma blusa. A experiência de hoje mostra o crescimento desse projeto e abre os horizontes para que ele possa chegar ainda mais longe”, afirma.

A subsecretária de educação, Emília Moreno, esteve presente no evento, destacando a importância de ações solidárias e a parceria da Prefeitura de Barreiras com Abapa e empresas que promoveram a ação.

“É necessário que a comunidade e as outras empresas entendam a importância de ações como essa. O “Algodão que Aquece” é um exemplo de responsabilidade social, que traz para as crianças o crescimento do ponto de vista educacional e humano. As comunidades ribeirinhas e da zona rural de Barreiras sentem muito desconforto com a chegada do frio, e podemos conferir aqui que as crianças ficaram muito felizes em receber um presente tão bonito e útil. A Gestão Municipal e a Secretaria de Educação agradecem as parcerias e ações nobres em prol do comprometimento com a qualidade de vida das pessoas”, destacou a subsecretária de educação.

Sete escolas do campo vão receber as doações, num total de 660 agasalhos 100% algodão que serão distribuídos ao longo desta semana. No dia 23, Escola Municipal Monteiro Lobato no povoado de Campuerê, Escola Municipal São Pedro em Cajuarama, Escola Municipal Nossa Senhora de Fátima na comunidade de Cabecerinha e Escola Municipal Santa Rita no Assentamento Santa Rita. Na sexta-feira, 26, os alunos da Escola Municipal Santo Antônio no povoado de Chico Preto e Escola Municipal Antônio Machado no Vau do Teiú recebem a campanha.

Fonte: Dircom

Fonte: Publicidade

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio
23
Jul / 2019

COMUNICADO OFICIAL

A prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, por meio da secretaria de Trabalho e Assistência Social, informa aos beneficiários do Programa Bolsa Família, que uma falsa notícia sobre as inscrições online para receber o pagamento de 13º salário do programa, que está sendo difundida nas redes sociais é falsa e trata-se de um vírus que pode danificar os telefones celulares.

Quem desejar outras informações deve se dirigir ao setor do Bolsa Família, que fica na secretaria de Trabalho e Assistência Social, na avenida Barreiras, no Centro da cidade.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação (ASCOM) Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães/BA

A prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, por meio da secretaria de Educação está realizando a formação continuada para professores e coordenadores da rede municipal de ensino, com o tema “Todos juntos por uma educação inclusiva”. A capacitação iniciou no dia 09 de julho e acontece até 07 de agosto.

Durante as atividades, a meta da gerência de saúde educacional é fazer com que os profissionais da educação façam uma adaptação curricular e realizem uma avaliação diferenciada para os alunos especiais, e entendam quais os procedimentos para encaminhar os estudantes que apresentam dificuldades de aprendizagem para avaliação cognitiva com as psicólogas da secretaria de Educação.

De acordo com a secretaria de Educação, quando existe a necessidade, o aluno é encaminhado para o Atendimento Educacional Especializado (AEE) e em alguns casos para a rede municipal de saúde, onde recebe acompanhamento com neurologista, psiquiatra, fonoaudiólogo e psicólogo clínico.

Para realizar esse acompanhamento diferenciado junto aos alunos, muitas unidades escolares em Luís Eduardo Magalhães já contam com as salas de Atendimento Educacional Especializado. São elas:

• Escola Municipal Ângelo Bosa;
• Escola Municipal Aldori Luiz Tolazzi;
• Escola Municipal Amabilio Vieira dos Santos;
• Escola Municipal Amélio Gatto;
• Escola Municipal Cecília Meireles;
• Escola Municipal Cezer Pelissari;
• Escola Municipal Dom Ricardo Weberberger;
• Escola Municipal Ivo Hering;
• Escola Municipal José Cardoso de Lima;
• Escola Municipal Onero Costa da Rosa;
• Escola Municipal Ottomar Schwengber;
• Escola Municipal São Paulo;
• Escola Municipal Vânia Aparecida dos Santos Ribeiro.

Segundo a secretária Rose Sertão, um trabalho que vem apresentando excelentes resultados. “Muitas vezes as crianças e adolescentes são inseridas na comunidade escolar e começam a apresentar problemas cognitivos. Esses problemas nem sempre são percebidos pelos pais e é aí que entra o nosso papel. Nossa equipe está dando todo o suporte nos casos em que identificamos a necessidade do acompanhamento da equipe multidisciplinar”, finalizou a titular da pasta.

Fonte: Assessoria de Comunicação (ASCOM) Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães/BA

Fonte: Grupo Santo Antonio

A I Copa LEM de Futsal Feminino movimentou o fim de semana esportivo em Luís Eduardo Magalhães. A competição foi realizada no Ginásio de Esportes Dioclécio Severino Ramos, na Escola Municipal Ottomar Schwengber e reuniu 12 equipes.

Além do prefeito Oziel Oliveira, passaram pelo evento a deputada estadual Jusmari Oliveira; o deputado federal Otto Alencar Filho; o diretor de esportes do município, Luciano Soares; secretários, vereadores e representantes da comunidade esportiva local.

O diretor de esportes do município comemorou a realização do torneio. Para Luciano Soares este foi o marco inicial do incentivo ainda maior do esporte feminino em Luís Eduardo Magalhães.

“O poder público municipal está aqui para fomentar a prática esportiva e as competições em todas as modalidades. A Copa LEM de Futsal Feminino é um grande exemplo que organização e incentivo apresentam excelentes resultados”, frisou.

O prefeito Oziel Oliveira comemorou a realização do evento e a presença do público nos dois dias de competição. Para o gestor, o sucesso da competição é o reflexo do novo momento do esporte no município.

“As competições estão movimentando diversos pontos da cidade nas variadas categorias. A partir de agora, estaremos incentivando ainda mais as modalidades praticadas em nosso município”, comentou.

A grande vencedora da I Copa LEM de Futsal Feminino foi a equipe do Terra Agrícola. O vice-campeonato ficou com o CEU’S Rede do Bem e a terceira colocação foi para o Real Santa Cruz.

Fonte: Assessoria de Comunicação (ASCOM) Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães/BA

A manhã dessa segunda-feira (22) foi de orientação e atendimento especializado para as crianças que passaram pela Unidade Básica de Saúde Emilly Raquel. A Prefeitura de Barreiras, através da Secretaria Municipal de Saúde, dentro do Projeto Saúde Humanizada, montou uma ampla estrutura nos espaços da unidade para o Dia D, com atendimento especial de pediatria, nutricionista e dentista. No espaço, o lúdico também tomou conta da criançada com a presença dos integrantes da “Patrulha Canina” e do “Capitão América”, que comandaram a animação com músicas infantis, algodão doce e muita pipoca.



De início, os pacientes tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a importância do cuidado com os dentes e a maneira correta de realizar a escovação. A palestra sobre uma escovação adequada ministrada pelos dentistas da unidade, teve ação conjunta no escovódromo, com utilização de próteses gigantes e entrega de kits de higiene bucal, contendo escova, creme e fio dental.



A professora do curso Nutrição, Denise Xavier e as estagiárias da Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) destacaram também a alimentação ideal na infância, as consequências de alimentos contendo muito açúcar e como deve ser o acompanhamento materno na alimentação dos pequenos. Atenta às explicações, dona Larissa Pereira, moradora do Residencial Boa Sorte, aproveitou a oportunidade para avaliar a pequena Natália. “Uma ação diferente e pegou todos nós de surpresa, além da animação com brincadeiras e muito colorido, foi uma manhã de conhecimento. Estava precisando muito das orientações de hoje, em especial com a nutricionista”, disse.



Dona Selma Marques também se atentou às informações dessa manhã e ficou contente depois da avaliação do seu filho com a dentista. “Ele tem três anos e ficou muito feliz em saber que não têm cáries, nessa idade é muito difícil fazer uma escovação ideal dos dentes, por isso fiquei satisfeita com a avaliação”, argumentou.



A última palestra foi ministrada pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e várias mães e pais receberam explicações sobre engasgo infantil. Também de forma lúdica, os socorristas utilizaram bonecos para mostrar como ajudar de imediato uma criança engasgada. Acompanhado da equipe da UBS Emilly Raquel e da coordenadora Zil Borges, o secretário municipal de saúde, Anderson Vian destacou que todas as unidades de saúde do município realizam essas ações na promoção a uma saúde cada vez mais humanizada.







“O Emilly Raquel foi promovido à UBS recentemente, além da manutenção dos atendimentos pediátricos que são prestados rotineiramente às crianças também são oferecidos aos adultos, serviços como curativos, vacinas, consultas, pré-natal, preventivo, dentistas e atendimento nutricional em parceria com a UFOB. Hoje estamos fazendo a prevenção e a promoção às crianças nesse Dia D, dedicado aos atendimentos e conhecimentos que às vezes são despercebidos através dessas palestras ministradas ao longo do dia. 



Aqui são atendidos por mês, cerca de 17 mil pessoas além das crianças que têm atenção especial. A ideia é realizar essas ações durante todo ano, nas Unidades de Saúde da Família e Unidades Básicas, levando uma saúde cada vez mais humanizada desde o atendimento ao clínico até a prevenção através dessas múltiplas palestras”, destacou Anderson Vian.

 

Fonte: Dircom

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Publicidade

Além do trabalho da secretaria de Infraestrutura com a coleta de entulhos e lixos descartados irregularmente, limpeza de lotes e varrição das ruas, a prefeitura de Luís Eduardo também realizou um trabalho de combate à dengue e recolhimento de materiais recicláveis na manhã de hoje (19), no Parque São José.

A secretaria de Saúde enviou agentes de combate às endemias que conscientizaram os moradores sobre a importância do combate ao mosquito transmissor da dengue, zika vírus e febre chikungunya e eliminaram possíveis criadouros e focos do Aedes Aegipty.

Na área do meio ambiente, uma equipe da Coleta Seletiva Solidária tirou das ruas e lotes materiais recicláveis que foram descartados em locais inadequados, além de recolher produtos reaproveitáveis nas residências.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente e Economia Solidária, Alcides Meira, um trabalho importante para a comunidade e para a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis, porque gera emprego e renda para os associados, com a separação de materiais como plástico, vidro, alumínio e papelão.

Na próxima quinta-feira (25), a equipe da Coleta Seletiva Solidária também estará no bairro Jardim das Acácias, a partir das 8h, realizando o trabalho de conscientização ambiental e o recolhimento de materiais recicláveis. O início dos trabalhos será no mercado municipal.

“Além de ajudar na questão ambiental, com a manutenção da limpeza das ruas, a coleta seletiva também é um importante fator social, por isso a população deve colaborar”, comentou Alcides Meira.

Ainda na manhã desta sexta-feira (19), fiscais ambientais também apuraram denúncias e multaram responsáveis por irregularidades como esgoto lançado a céu aberto e depósitos irregulares de entulho no bairro Verde Vida.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação (ASCOM) Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães/BA

Fonte: Grupo Santo Antonio

A Secretaria de Educação, Cultura, e Esporte e Lazer de Barreiras aplicou nestas terça e quarta-feira, 16 e 17, os simulados da prova do Saeb para mais de 5 mil alunos. A partir de agora, a Avaliação Nacional de Alfabetização (ANA) e a Avaliação Nacional do Rendimento Escolar (Anresc, também conhecida como Prova Brasil) deixam de existir com essa nomenclatura e todas as avaliações externas serão identificadas como Saeb, desenvolvidas pelo Ministério da Educação (MEC) e aplicadas em escolas públicas de todo o Brasil, com objetivo de fazer um diagnóstico da educação básica no país.

Essa é a quinta edição do simulado da rede municipal de ensino de Barreiras, que também será aplicado nas escolas do campo, de 18 a 26 de julho. Participaram em dois dias de simulados as turmas de 2º ano que responderam 40 questões de múltipla escolha e três de escrita, os alunos do 5º ano responderam 44 questões e do 9º ano responderam 52 questões de múltipla escolha com abordagem nos assuntos de língua portuguesa, com foco em leitura, e matemática, referentes à resolução de problemas.



Esse acompanhamento faz parte de um cronograma pedagógico, elaborado pela Prefeitura de Barreiras por meio da Secretaria Municipal de Educação, voltado à preparação dos estudantes para Prova Saeb, que será realizada em outubro de 2019. O exame tem o objetivo de preparar os estudantes para avaliações complexas que necessitam de habilidades e competências, principalmente nas disciplinas de língua portuguesa e matemática, para estudantes do ensino fundamental.



“Estas mudanças estão dentro do compasso da avaliação educacional com a implementação da BNCC. Estamos acompanhando passo a passo o desenvolvimento dos nossos estudantes, e é muito importante esse processo de conscientização sobre a avaliação, que farão no fim do ano. Esse simulado também ajudará as escolas a sinalizarem os indicadores que precisam melhorar e o trabalho feito em sala de aula com os descritores da Prova Saeb. Enfim, a avaliação nos ajuda a visualizar de forma real como os nossos estudantes estão e o quanto a escola pode melhorar”, enfatizou a secretária de educação, Cátia Alencar.



Avaliação

Teve estudante que tirou de letra e disse que o simulado não estava tão difícil quanto imaginava. Esse foi o caso de Lorena da Silva, 10 anos, do 5º ano, que enfatizou que estava muito tranquila durante a avaliação. “Eu achei a prova fácil e leve. Até consegui fazer a prova tranquila e acredito que me saí bem”, destacou.

Depois do período de avaliação a equipe pedagógica da Secretaria Municipal de Educação fará uma análise minuciosa a partir dos resultados de cada escola e estudante, e em seguida dará uma devolutiva para as unidades, sinalizando, por exemplo, determinados conteúdos que precisam ser mais trabalhados em sala de aula.

Fonte: Dircom
  Curta nossa página
  PUBLICIDADE

| Todos os Direitos Reservados |