Blog Santo Antônio
Notícias

Fonte: Grupo Santo Antonio

A noite dessa quinta-feira (14) começou com as fortes chuvas que normalmente acontecem neste período do ano em Luís Eduardo Magalhães, oeste da Bahia. De acordo com produtores da região o volume passou de 100mm.

O volume inesperado de água, que caiu de forma torrencial em pouco tempo, causou os estragos e alagamentos que já se repetem por anos. “Esta chuva de hoje foi uma das mais fortes que já vi aqui em Luís Eduardo. Muita água de uma só vez”, disse Jonas Santos, morador do bairro Santa Cruz.

Nas redes sociais o que via eram imagens de lugares alagados e carros quase submersos. Um dos trechos críticos fica numa marginal da BR242 em frente a um supermercado.

Prefeitura em prontidão
O prefeito Junior Marabá montou um Gabinete de Crise para acompanhar e solucionar os problemas mais urgentes. “Infelizmente essa é uma situação que a gente vê se repetir todos os anos, há muito tempo”, disse o prefeito.

“Estamos alertas e acompanhando nas ruas o que precisa ser feito. Os problemas maiores que identificamos foram na marginal da BR 242 e nas margens do Canal dos Cachorros, que abrange o Mimoso I e Mimoso II. Mas pelo visto ainda existem alguns outros. É muita água na rua”, disse Junior durante sua ronda agora à noite.

Pessoal do Gabinete de Crise
- Junior Marabá – Prefeito
- Filipe Fernandes – Vice
- Giovanni Castro Damasceno – Capitão Polícia Militar
- Franklin Willer – Secretário Infraestrutura
- Sheyla Bernardes – Secretária Assistência Social
- Danilo Henrique – Secretário Governo
- Gustavo Carias – Secretário Administração e Finanças

Fonte: ASCOM

O assassinato da criança foi praticado  entre a noite e o princípio da madrugada desta quinta-feira (14), em uma residência localizada na rua Lafaiete Coutinho, no bairro São Pedro.

A mãe da criança tem 21 anos, e é a principal suspeita de ter matado sua própria filha de um ano e 11 meses. O pai, que se encontrava desolado, disse a Polícia que teria passado parte da noite em um bar jogando baralho e chegou por volta das 02h da madrugada em casa, mas não foi dormir no quarto da esposa.

O pai conta também que quando acordou, sua companheira pediu dinheiro para comprar pão e saiu de casa. Estranhando o fato da criança demorar para acordar, uma vez que já passava das nove horas, decidiu ir até o quarto quando então se deparou com a criança esfaqueada.

O pai da criança informou que chamou uma vizinha que trabalha na área da saúde e ela testemunhou o caso. O SAMU foi acionado, mas a criança já estava morta há horas. A policia investiga o bárbaro crime.

 

 

Mural do Oeste com informações do Blog do Cebolinha

Fonte: Mural do Oeste

De acordo com informações veiculadas pelo blog Braga, um grave acidente envolvendo um ônibus de uma empresa de turismo aconteceu por volta das 03h da madrugada desta sexta-feira (15), na BR-135, entrada do bairro Vila Amorim na cidade de Barreiras no Oeste da Bahia. Quatro pessoas morreram e 21 ficaram feridas.

Ainda de acordo com o Blog Braga, o ônibus seguia para São Paulo vindo da cidade de Valença do Piauí/PI., quando na entrada do referido bairro, provavelmente o motorista teria dormido ao volante, e o veículo começou a sair da pista momento em que ao se assustar, o motorista tentou retornar, mas acabou capotando.

Os feridos foram levados para o Hospital do Oeste. Já as cinco pessoas mortas são um adolescente, dois homens e uma mulher, no momento não se tem a identificação das vítimas.

O motorista que estava no volante evadiu-se do local e estaria bastante assustado com o ocorrido. O motorista reserva estava dormindo por ocasião do acidente.

Várias ambulâncias do SAMU foram acionadas para o socorro. Uma equipe do 17º Grupamento de Bombeiro Militar ajudou na remoção das vítimas. Guarnições da Polícia Militar deram suporte nos trabalhos de resgate.

A Polícia Civil na pessoa do delegado plantonista também compareceu e colheu as informações acionando também o Departamento de Polícia Técnica que fez a perícia e remoção dos cadáveres para o necrotério do DPT no DISEP.

O tráfego ficou comprometido e o fluxo precisou ser desviado até a finalização dos trabalhos. Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal registrou o acidente.

Edição do Mural do Oeste com reportagem do Blog Braga.

 

Fonte: Mural do Oeste

Por causa do reajuste do teto dos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), houve atualização na contribuição dos empregados com carteira assinada, domésticos e trabalhadores avulsos.

De acordo com informações do portal G1, com base no reajuste de 5,45% pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), quem ganha menos vai contribuir menos para o INSS, e quem ganha mais vai contribuir mais. Os novos valores são relativos ao salário de janeiro e, portanto, serão recolhidos em fevereiro.

Em função da Reforma da Previdência, as taxas passaram a ser progressivas, sendo cobradas sobre a parcela do salário que se enquadrar em cada faixa. Com isso, o percentual descontado do total dos ganhos (a alíquota efetiva) é menor. Se o trabalhador ganha mais de um salário mínimo, ele paga 7,5% de alíquota de contribuição sobre R$ 1.100 e outros percentuais no que exceder esse valor.

Tabela de contribuição dos segurados (empregado, empregado doméstico e trabalhador avulso) para pagamento de remuneração
Tabela de contribuição dos segurados (empregado, empregado doméstico e trabalhador avulso) para pagamento de remuneração Foto: INSS

 

Quem recebe R$ 1.500 pagará 7,5% sobre R$ 1.100 (R$ 82,50), mais 9% sobre os R$ 400 que excedem esse valor (R$ 36), totalizando o valor de R$ 118,50 de contribuição. O trabalhador que ganha R$ 2.000 pagará 7,5% sobre R$ 1.100 (R$ 82,50), mais 9% sobre R$ 900 (R$ 81), totalizando R$ 163,50.

Trabalhadores com salário acima de R$ 6.433,57 pagarão a contribuição de R$ 751,99, valor que corresponde a R$ 38,89 a mais em relação a 2020, visto que a contribuição é limitada ao teto da Previdência Social.

Fonte: Pleno News

A Globo terá que pagar R$ 30 mil de indenização por danos morais e mais um salário de R$ 1,9 mil para a manicure Vânia Ibraim de Oliveira. A condenação é resultado de uma ação movida por Vânia, que disse não ter recebido todos os prêmios prometidos pelo programa Caldeirão do Huck. As informações são do site Notícias da TV.

A manicure participou da atração em dezembro de 2012. Na época, foi prometido que ela receberia uma moto reformada e outras duas motos novas, além do pagamento de salário enquanto estivesse realizando o treinamento de empreendedorismo. Também tinha sido acordado o pagamento de R$ 30 mil de capital de giro, o recebimento de um veículo Saveiro, dois laptops, um trailer itinerante para o atendimento de clientes, abertura da empresa e obtenção das licenças necessárias, bem como a elaboração do site e de toda a identidade visual da empresa.

A decisão, que determinou a indenização, foi decretada pelo desembargador Nagib Slaibi, relator do processo na 6ª Câmara Cível do Rio de Janeiro. Ele considerou que, embora os termos não apareçam no contrato com a Globo, promessas de deixar a empresa de Vânia funcionando partiram do apresentador Luciano Huck.

– Forçoso concluir que os termos do contrato devem levar em conta, também, o que foi prometido em cadeia nacional de televisão, tanto pela credibilidade que ostenta o veículo de comunicação envolvido, como pelo fato de que a participante é uma pessoa humilde, com clara hipossuficiência econômica e de conhecimentos sobre o que iria ser alterado em sua vida – escreveu Slaibi.

Fonte: Pleno News

O Facebook e o Twitter perderam, juntos, 51 bilhões de dólares (R$ 265 bilhões) em valor de mercado desde que baniram o presidente Donald Trump. Nos EUA, vários investidores se desfizeram de ofertas de ações das duas empresas, segundo informou o site LifeNews.

Yahoo! Notícias relatou que as ações do Twitter caíram mais de 10% na segunda-feira (11), após a decisão de banir Trump.

– Pouco depois da abertura do mercado na segunda-feira, as ações caíram até 12,3%, chegando a 45,17 dólares (R$ 233) por ação – reportou o site.

As ações caíram de 51,48 dólares (R$ 265) – valor de antes da proibição, para 47,22 dólares (R$ 244), como preço de abertura nesta quinta-feira (14).

Segundo relatou o Business Insider, o Facebook também está perdendo valor. A rede social viu 47,6 bilhões de dólares (R$ 247 bilhões) caírem em sua avaliação pública, enquanto a capitalização de mercado do Twitter caiu em 3,5 bilhões de dólares (R$ 18 bilhões).

O Facebook caiu 4% na segunda-feira (11) e outros 2,2% na terça-feira (12), com os acionistas se desfazendo das ações, provavelmente temendo que a proibição pudesse tirar os usuários da plataforma. Quando os mercados fecharam na terça-feira, a capitalização de mercado do Facebook estava 47,6 bilhões de dólares (R$ 247 bilhões) abaixo do nível da última sexta-feira (8).

Fonte: Pleno News

Na terça-feira (12), o conde Simon Bowes-Lyon, primo de terceiro grau da rainha Elizabeth II, declarou-se culpado de violentar uma mulher, no Castelo de Glamis, na Escócia. Segundo informações da BBC, ele forçou a entrada num quarto onde a vítima estava dormindo durante um evento realizado no local.

O crime aconteceu no ano passado e segue sob investigação.

Simon, de 34 anos, agrediu repetidamente a jovem de 26 anos e tentou tirar sua camisola durante o ataque, que durou 20 minutos. Ele empurrou a vítima para a cama, apalpou-a e tentou beijá-la.

A polícia foi acionada pela jovem na manhã seguinte ao ataque.

O conde escocês recebeu fiança e foi incluído no registro de criminosos sexuais. Fora do tribunal, ele disse que estava “muito envergonhado”.

Simon Bowes-Lyon Foto: Reprodução

Simon também falou que estava bêbado no dia do ataque.

– É evidente que tinha bebido em excesso na noite do incidente. Eu deveria saber. Reconheço, de qualquer forma, que o álcool não é desculpa para o meu comportamento. Eu achava que não era capaz de me comportar da maneira que agi, mas tive que enfrentar isso e assumir a responsabilidade. Minhas desculpas vão, acima de tudo, para a mulher em questão, mas também gostaria de pedir desculpas à família, aos amigos e colegas pelo sofrimento que lhes causei – declarou ele.

A sentença contra o primo da rainha foi adiada. Se condenado, o conde poderá pegar até cinco anos de cadeia.

Fonte: Pleno News

Apesar da crise sanitária vivida no Amazonas, com um grave déficit de oxigênio para os doentes com Covid-19, as polícias Civil e Militar fizeram a apreensão de 33 cilindros de oxigênio que estavam escondidos dentro de um caminhão na Zona Centro-Oeste de Manaus, capital do estado, na tarde de quinta-feira (14).

A informação chegou até os policiais por meio de uma denúncia anônima sobre uma movimentação estranha no caminhão, que estava parado em uma rua da região, com cilindros sendo retirados para veículos particulares.

O condutor do veículo, de 38 anos, foi preso por reter produtos para o fim de especulação, segundo informou a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). O nome dele e o da transportadora não foram divulgados. O homem ficará preso à disposição da Justiça.

A SSP-AM informou que, dos 33 cilindros apreendidos, 26 estavam carregados com oxigênio. Durante interrogatório, o homem justificou que tem uma empresa de comercialização de cilindros de oxigênio, mas “ficou com medo que a população invadisse o estabelecimento em busca do material e decidiu tirá-lo do local”.

O delegado Bruno Fraga, diretor do Departamento de Polícia do Interior, informou que os materiais apreendidos foram encaminhados ainda na noite de quinta-feira para unidades hospitalares de Manaus.

Fonte: Pleno News

Inconformados com os recentes episódios de censura cometidos por grandes empresas de tecnologia contra conservadores pelo mundo, usuários de redes sociais se uniram para um grande protesto nesta sexta-feira (15). O movimento recebeu o nome de “Silence Day” (Dia do Silêncio) e tem por objetivo “dar uma lição” às principais redes sociais do mundo.

A ideia é que os usuários passem o dia inteiro sem realizar publicações, curtir ou comentar qualquer conteúdo no Twitter, no Instagram e no Facebook.

A iniciativa chegou a ser um dos assuntos mais comentados nas redes sociais nesta quinta-feira (14).

Em vídeo, o escritor e articulista Leandro Ruschel, que irá aderir ao movimento, explicou qual o objetivo da campanha.

– Essas empresas abusaram, ao longo de anos, da imunidade recebida legalmente, mentindo sobre sua neutralidade, quando na verdade todas elas adotam […] uma agenda ideológica única […] Essas empresas contam com a nossa passividade, pelos serviços “gratuitos”, pelo conforto que elas geram e por todo o prazer de seguidores, likes e interação […] Portanto, eu convido você a fazer um protesto nesta sexta-feira, dia 15. Não poste, não comente, não curta e não compartilhe nada nas redes dessas grandes empresas […] Esse é apenas o primeiro passo – explicou.

Fonte: Pleno News

Nesta quarta-feira (13), os estúdios da GloboNews foram palco de mais uma “briga” entre integrantes de um programa. Desta vez, os protagonistas foram Guga Chacra e Demétrio Magnoli, que acabaram discutindo por causa de medidas de lockdown adotadas contra a Covid-19 nos Estados Unidos (EUA).

O episódio ocorreu durante o programa Em Pauta.

Demétrio Magnoli abordou o assunto e começou criticando o lockdown em Nova Iorque.

– Em Nova York, também não está funcionando, está em uma situação pior que a Flórida agora. No mundo inteiro, a pandemia está explodindo, com ou sem lockdown – explicou.

Guga Chacra, então, rebateu a informação.

– Não tem lockdown em Nova Iorque, nem lockdown parcial. Não sei como surgiu essa informação, eu estou em Nova Iorque, moro aqui e posso te assegurar. Os restaurantes estão abertos, só do lado de fora. As lojas e academias estão abertas – destacou.

Demétrio voltou ao tema, disse que Nova Iorque foi um desastre durante toda a pandemia e criticou elogios feitos pelo colega de bancada ao governador Andrew Cuomo.

– A temperatura não muda nada, não estou entendendo isso. Voltando à história, Nova Iorque está com medidas de semi-lockdown, por exemplo, os restaurantes estão fechados, você pode comer fora, e há limites de números de pessoas em encontros. Nova Iorque é um desastre em toda a pandemia – destacou.

Por fim, Guga Chacra voltou a falar e disse que não há lockdown lá.

– Não elogiei o governador, por favor. Isso não é verdade, só disse que Nova Iorque não está em lockdown parcial porque estou aqui. Não sei há quanto tempo você não vem para Nova Iorque, moro aqui há 16 anos, Demétrio, e posso te assegurar que não há lockdown – afirmou.

 

Fonte: Pleno News

Mais de R$ 75 milhões foram utilizados em 2020 para a implementação ou fortalecimento de políticas públicas voltadas para crianças e adolescentes. O orçamento total da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (SNDCA) foi de R$ 78,2 milhões.

Entre as ações coordenadas pela área que integra o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) estão o Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte (PPCAAM) e o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (SINASE), além da equipagem de Conselhos Tutelares.

– Nossa atuação é pautada na prioridade absoluta [dada] à criança e ao adolescente, proporcionando[-lhes] o reequilíbrio existente pela condição de serem pessoas em desenvolvimento – afirma o titular da SNDCA, secretário Maurício Cunha.

É importante esclarecer que o orçamento da secretaria, em 2019, foi de 143 milhões, tendo sido empenhado 142 milhões, o equivalente a 99% de execução. Sendo que R$ 100 milhões vieram como dinheiro recuperado pela Operação Lava Jato. Desta forma, retirando este incremento, o orçamento de 2020 é 180% maior do que no ano anterior.

Maurício Cunha é titilar da SNDCA desde 2019
Maurício Cunha é titular da SNDCA desde 2019 Foto: Agência Brasil

PROTEÇÃO
Dentro do Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte (PPCAAM) foram investidos R$ 14,8 milhões, que beneficiaram 141 crianças e adolescentes e 294 familiares, totalizando 435 pessoas. Iniciativa de destaque, o programa tem o objetivo de proteger, preservar e promover a vida daqueles que estão em situação de risco de morte e também de seu núcleo familiar.

– A identificação da ameaça e a solicitação de inclusão no PPCAAM são realizadas por meio do Poder Judiciário, do Ministério Público, das Defensorias Públicas e dos Conselhos Tutelares, caracterizados como “Portas de Entrada”. Estas instituições são responsáveis também pela fiscalização e aplicação da garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes – destaca o secretário.

O Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte possui o maior orçamento entre as iniciativas da secretaria. Os recursos são aplicados em parceria com os estados.

– O Governo Federal garante uma média anual de aproximadamente R$ 1 milhão para o PPCAAM em cada estado onde o programa está implantado – acrescenta Cunha.

Em 2020, o programa foi executado em 17 unidades federativas: Acre (AC), Alagoas (AL), Amazonas (AM), Bahia (BA), Ceará (CE), Distrito Federal (DF), Espírito Santo (ES), Maranhão (MA), Minas Gerais (MG), Pará (PA), Paraíba (PB), Pernambuco (PE), Paraná (PR), Rio de Janeiro (RJ), Rio Grande do Norte (RN), Rio Grande do Sul (RS) e São Paulo (SP).

Em estados que não ofertam a iniciativa, o Núcleo Técnico Federal (NTF) assume o atendimento dos casos, realizando o que for necessário para que o protegido e a sua família tenham sua vida e seus direitos garantidos.

SINASE
Quase R$ 34,6 milhões foram investidos no Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase). Os recursos são referentes às duas unidades socioeducativas, uma em Nossa Senhora do Socorro (SE), com R$ 14,1 milhões, e a outra no município de Vitória da Conquista (BA), com valor empregado de R$ 20,5 milhões. No total, 174 adolescentes em conflito com a lei foram beneficiados com a iniciativa.

Houve ainda acréscimo de mais de R$ 2 milhões de emendas individuais e de mais de R$ 4 milhões para ações no Amapá, em Roraima e no Distrito Federal (DF). Neste último, os recursos extras beneficiaram mais de 2,2 mil pessoas entre adolescentes, em cumprimento de medidas socioeducativas, e servidores do sistema socioeducativo do DF.

O secretário ressalta que as ações têm a proposta de erradicar o déficit de vagas no sistema socioeducativo do Brasil, além de qualificar a estrutura de programas já implementados.

CONSELHOS TUTELARES
Outros R$ 44,3 milhões foram destinados à aquisição de kits para Conselhos Tutelares. O conjunto de equipamentos inclui, além de automóveis, computadores, refrigerador, bebedouro, Smart TV, ar-condicionado portátil, cadeirinha para automóvel e impressora. Os itens foram adquiridos com recursos oriundos de emendas parlamentares e serão entregues no ano que vem.

De acordo com o secretário, a iniciativa proporciona condições dignas para os conselheiros trabalharem.

– A população tem no conselho tutelar de seu município um aliado na defesa e na promoção desses direitos. Qualquer denúncia ou suspeita de violência contra crianças e adolescentes, acione imediatamente o conselheiro tutelar, que ele vai tomar as providências cabíveis – aconselha.

Para 2021, com recursos de 2020 vindos de emendas parlamentares, o ministério entregará 560 veículos para a melhoria da infraestrutura no atendimento a crianças e adolescentes de todo o país.

Fonte: Pleno News

A juíza Simone Gomes Rodrigues Casorett, da 9ª Vara da Fazenda da capital paulista, ordenou a suspensão do aumento de impostos para produtos, medicamentos e equipamentos médico-hospitalares determinado, por decreto, pelo governador João Doria (PSDB) em dezembro passado. A decisão atendeu a um mandado de segurança proposto pelo Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo (SindHosp) e beneficia seus filiados.

Os protestos contra o pacote de ajuste fiscal do governo Doria já haviam feito o governador recuar, na semana passada, da iniciativa de subir os impostos de alimentos e medicamentos genéricos, mas Doria havia mantido o aumento para os demais remédios e produtos médicos.

A decisão, divulgada por meio de uma publicação no Twitter, ainda não foi oficializada com outro decreto. Setores ligados ao agronegócio, que também tiveram promessa de recuo no aumento de impostos, farão um protesto nesta quinta na Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais do Estado de São Paulo (Ceagesp).

No caso dos demais medicamentos, a preocupação de empresários do setor de hospitais e de produtos farmacêuticos estava voltada principalmente para os medicamentos contra aids e câncer. O decreto do governador revogou benefícios ligados à isenção de Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

– Estima-se que a revogação da isenção representará impacto de cerca de R$ 1,5 bilhão anuais nos custos dos prestadores de serviços de saúde, entre medicamentos, dispositivos médicos, equipamentos de proteção individual, máquinas e equipamentos – escreveu o SindHosp, no mandado de segurança.

Ao conceder a liminar, a juíza acatou argumentos de que a revogação dos benefícios não poderia ser estabelecida por decreto, uma vez que ela foi estabelecida por convênios próprios e de acordo com a Constituição.

– Não há dúvidas que a revogação da isenção, por decreto, não está condizente com o dispositivo constitucional mencionado e legislação – escreveu Simone na decisão.

A isenção de ICMS continuava valendo para hospitais públicos e filantrópicos e o sindicato dos hospitais apontou um tratamento discriminatório, que também foi criticado na petição do mandado de segurança.

O setor farmacêutico, entretanto, ainda terá de pagar ICMS maior caso venda os produtos para outras entidades, como farmácias, uma vez que o mandado de segurança abrange apenas o setor dos hospitais.

Nesta quarta, o Ministério Público de São Paulo propôs outra ação contra o pacote fiscal, que revogou a isenção de Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para a maior parte das pessoas com deficiência. O MP aguarda o recebimento da ação pela Justiça.

O Palácio dos Bandeirantes foi procurado para comentar a decisão da 9.ª Vara da Fazenda, mas não havia se manifestado até a publicação desta matéria.

*Estadão

Fonte: Pleno News

O Reino Unido anunciou que irá barrar viajantes do Brasil e de mais 15 países devido a uma nova variante da Covid-19. De acordo com o ministro britânico dos Transportes, Grant Shapps, a medida já passa a valer nesta sexta-feira (15).

O anúncio foi feito pelo ministro em suas redes sociais nesta quinta-feira (14). Shapps justificou a medida: devido à variação encontrada no Brasil.

– Tomei a urgente decisão de proibir as chegadas […] após a evidência de uma nova variante [do vírus] no Brasil – ressaltou.

Os países afetados pela medida são: Argentina, Brasil, Bolívia, Cabo Verde, Chile, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Guiana, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, Suriname, Uruguai e Venezuela. De acordo com o Reino Unido, o bloqueio a viajantes de Portugal ocorre devido a “fortes ligações com o Brasil”.

Grant Shapps também explicou que a medida não vale para cidadãos britânicos que voltem ao país nem para estrangeiros com permissão de residência no Reino Unido. O ministro, no entanto, explicou que será necessário um isolamento de 10 dias para essas pessoas.

Fonte: Pleno News

Representantes da Organização Mundial da Saúde (OMS) demonstraram preocupação com o quadro atual da pandemia, em sessão online de perguntas e respostas. A epidemiologista Marie Van Kerkhove afirmou que espera uma piora da situação em diversos países, após os feriados de fim de ano.

– Precisamos seguir com restrições antes da distribuição ampla de vacinas – disse.

A médica defendeu que, para que consigam manter o lockdown, os governos devem garantir apoio à população. Sobre as novas variantes do coronavírus, ela comentou que é normal que haja mutações e que é preciso mais informações para analisá-las.

O diretor de emergências da OMS, Michael Ryan, ressaltou que o “segundo ano da pandemia pode ser mais duro do que o primeiro”.

Ele alertou para o risco de que parte da população global fique sem acesso às vacinas, caso a tecnologia não seja compartilhada.

– Todas as regiões registram avanço do vírus, com exceção do Sudeste Asiático – pontuou Ryan.

*Estadão

Fonte: Pleno News

O desaparecimento de Bianca Lourenço, de 24 anos, e a posterior descoberta da morte dela fizeram com que o pai da jovem precisasse deixar o Rio de Janeiro, com medo de sofrer retaliações por parte do ex-namorado da filha, o traficante Dalton Luiz Vieira Santana, o “DT”, principal suspeito de cometer o homicídio.

Pouco mais de uma semana após deixar o estado, o homem, que não quis se identificar, afirmou que trocou a liberdade pela possibilidade de que seja feita justiça pela morte de Bianca. Segundo o pai dela, o traficante não aceitava o término da relação.

– Troquei minha liberdade pela justiça à minha filha – disse ele ao portal G1.

Dias depois do desaparecimento de Bianca, o pai contou à TV Globo que chegou a ir à comunidade Kelson’s, na Zona Norte do Rio de Janeiro, pedir para que o ex-namorado da filha o ajudasse, ou que pelo menos entregasse o corpo da jovem. Na ocasião, o homem contou que Dalton disse não saber onde estava Bianca.

Nove dias se passaram sem que o homem tivesse de notícias de Bianca. Só na tarde de quarta-feira (13) veio a confirmação: um corpo mutilado, encontrado na Ilha do Fundão na noite do dia anterior, era o da filha. As impressões digitais do cadáver, achado boiando próximo a uma praia no Fundão, batiam com as da jovem, segundo peritos do Instituto Médico Legal.

Após receber a notícia de que o corpo podia ser o da filha, o homem disse que passou mal. A saída foi tomar um remédio que o dopou até o final da tarde de quarta.

– Na hora, eu passei muito mal. Eu fiquei todo trêmulo. O lado esquerdo do corpo ficou todo estranho. Eu não dormi direito; dormi das 4h às 7h. Quando eu almocei, o efeito do remédio me fez cambalear. Eu desmaiei e acordei quase [às] 17h – disse.

O pai de Bianca também relatou que, além do medo de sofrer retaliações a mando do ex-namorado da filha, um outro problema surgiu: até a noite de quarta-feira (13), ele disse que não havia conseguido um local para o enterro do corpo da jovem. Em resposta, a Subsecretaria estadual de Vitimados afirmou que entrou em contato com a família de Bianca e marcou um encontro para esta quinta-feira (14), com o objetivo de ajudar nos trâmites do sepultamento.

Fonte: Pleno News

Conhecida pelos embates com o jornalista Rodrigo Constantino, a repórter Thaís Oyama decidiu deixar a rádio Jovem Pan e tornou-se a mais nova contratada da TV Cultura. Oyama pediu demissão na quarta-feira (13) e deve estrear um programa na nova empresa no dia 28 deste mês, segundo o portal Notícias da TV.

Na Cultura, Thaís e o filósofo Luiz Felipe Pondé estarão à frente do Linhas Cruzadas, um programa semanal que trará análises de fatos do noticiário recente. Thaís foi contratada pela rádio Jovem Pan em dezembro de 2019 para reforçar o time de debatedores do 3 em 1, que na época contava com Josias de Souza e Rodrigo Constantino como titulares.

Ao longo de sua passagem pelo programa, Thaís travou embates acalorados com Constantino. O nome da jornalista, que também é colunista do UOL, frequentemente figurava nos Trending Topics do Twitter, em decorrência dos embates.

De acordo com o Notícias da TV, a recontratação de Constantino pela rádio foi determinante para que Thaís decidisse deixar de vez a Jovem Pan. Constantino foi chamado de volta à emissora para cobrir as férias de Augusto Nunes e de José Maria Trindade no Pingos nos Is.

Fonte: Pleno News

Uma fã idosa da Anitta, que aparece em um dos episódios do documentário da cantora na Netflix, entrou com uma ação judicial contra a cantora e a plataforma de streaming. No processo, os advogados de Dona Maria Ilza de Azevedo afirmam que ela estava internada no CTI de um hospital, por conta da Covid-19, e que soube que sua imagem estaria sendo veiculada na série documental Anitta – Made in Honorio, após receber ligações de parentes e vizinhos.

De acordo com os defensores, os contatos com Maria Ilza, em sua maioria, eram com teor de chacota sobre a aparição dela no vídeo; e alguns, inclusive, teriam questionado sua sanidade mental. Os advogados ainda dizem que o episódio da série, em que ela aparece na sala da Anitta, faz parecer que ela foi até o local sem a autorização da artista, em uma mensagem subliminar de que ela seria uma intrusa, algo que não seria condizente com a verdade, pois a entrada, segundo os advogados, foi autorizada.

– Para piorar, a atitude nefasta, covarde, mesquinha, das rés (Anitta e Netflix) acaba criando um mal-estar na equipe de produção, que discute uma suposta falha na segurança em relação à presença da Autora (Maria Ilza) – diz um trecho dos argumentos da inicial, que ainda afirma que a participação dela não teve direito do uso de imagem da mesma.

Os advogados também destacaram que, mesmo internada, dona Maria virou a atração do hospital e passou a ser motivo de gargalhadas, o que causou grande abalo psicológico justamente quando ela precisaria de calma e serenidade devido à internação.

Como o processo foi ajuizado no plantão noturno do recesso do judiciário, em 18 de dezembro, o juiz decidiu, em liminar, que não havia motivo para apreciação da ação de dona Maria Ilza em caráter urgente. Além disso, o magistrado negou, no dia 19, o pedido de retirada do documentário do ar. Por fim, no dia 24 de dezembro, dona Ilza desistiu da ação alegando “um erro material na qualificação da autora, pois seu endereço encontra-se localizado na cidade de Macaé”. Apesar da desistência, a ação ainda não foi extinta.

Fonte: Pleno News

As mudanças na política de privacidade do WhatsApp têm se mostrado desastrosas dia após dia, com o crescimento vertiginoso dos concorrentes e a queda da plataforma de mensagens instantâneas mais utilizada no mundo. Segundo a plataforma Sensor Tower, o Telegram passou para a liderança como app mais baixado entre os usuários de iOS e o Signal em telefones Android. Em ambos os sistemas, o WhatsApp agora é o 3°.

A alta de downloads dos rivais nos últimos dias é devido ao fato de que o WhatsApp vem informando aos usuários que vai passar a compartilhar os dados de seus utilizadores com o Facebook, o Instagram e o Messenger. Usuários que não aceitarem os novos termos até o dia 8 de fevereiro poderão ter sua conta excluída.

Diante do fato, internautas se revoltaram contra a plataforma e começaram a buscar novas alternativas. Com isso, apps como Telegram e Signal têm sido muito procurados nos últimos dias. Na última terça-feira (12), Pavel Durov, fundador do Telegram, registrou a chegada de 25 milhões de novos usuários ao app desde sábado (9), fazendo com que o app ultrapassasse a marca de 500 milhões de usuários ativos.

Outro aplicativo que teve grande ascensão desde a última semana é o Signal. Na quarta-feira (13), o aplicativo de mensagens tornou-se o app gratuito mais baixado na Play Store brasileira. Além disso, a plataforma ganhou o apoio público do bilionário Elon Musk. Para encontrar a página do Pleno.News no Signal, basta clicar neste link e, assim, ficará atualizado com as principais notícias.

POLÍTICOS COMEÇAM A MIGRAR PARA O TELEGRAM
Aproveitando o momento de popularidade da plataforma, diversos políticos começaram a migrar para o novo mensageiro, entre eles o presidente Jair Bolsonaro. Em um anúncio feito em suas redes sociais na última terça-feira (12), o chefe do Executivo divulgou o link para a página dele no sistema.

 

Fonte: Pleno News

Fonte: Grupo Santo Antonio
  Curta nossa página
  PUBLICIDADE

| Todos os Direitos Reservados |