Blog Santo Antônio
Ver todos
  Vídeos
Notícias

Fonte: Grupo Santo Antonio

Mais de 21 quilos de maconha foram apreendidos em Palmas de Monte Alto, durante operação da Companhia Independente de Policiamento Especializado Sudoeste. A droga foi encontrada por policiais militares na quinta-feira (15), em um imóvel abandonado na zona rural do município.

Foram encontrados 21 tabletes prensados de maconha, 371 papelotes de cocaína, uma sacola com porção maior da mesma droga, uma balança, munições e um coldre para revólver.

Segundo informações da Polícia Militar, as equipes chegaram no local após uma prisão realizada no dia anterior. O imóvel era utilizado como ponto de distribuição de entorpecentes.

Fonte: BH Noticias

Um homem foi preso em Teixeira de Freitas, no sul da Bahia, após ser flagrado com 130 mil carteiras de cigarros falsificados, escondidos no fundo falso de um caminhão e de uma van. De acordo com a Polícia Civil, responsável pela prisão e apreensão, o caso ocorreu na noite de quinta-feira (15).

Segundo a polícia, o serviço de investigação da 8ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) de Teixeira de Freitas recebeu denúncias sobre a chegada da carga, que saiu de São Paulo em um fundo falso de um caminhão.

Durante apuração do caso, com base nas denúncias, os policiais encontraram o homem descarregando um caminhão e circulando com uma van branca na cidade. Quando os policiais interceptaram o motorista, flagraram e apreenderam os cigarros.

Ainda de acordo com a polícia, as 130 mil carteiras de cigarros falsificados estavam armazenadas em 180 caixas. O valor estimado da mercadoria apreendida é de R$ 650 mil.

Em depoimento, o homem contou que a carga saiu de São Paulo e seria distribuída em Teixeira de Freitas. O homem está preso e segue à disposição da Justiça.

Fonte: G1 Notícias

Parte de uma carga de óleo, roubada na sexta-feira (9) e avaliada em R$ 280 mil, foi recuperada pela Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas em Rodovias (Decarga) de Feira de Santana, na quinta-feira (15). Quatro suspeitos foram presos e dois comerciantes foram autuados por comprar a mercadoria roubada.

A polícia informou, que uma parte da carga foi apreendida em Dias D’Ávila, na região metropolitana de Salvador, e a outra no município de Santo Antônio de Jesus, no recôncavo baiano.

Segundo informações da Decarga, o roubo da mercadoria aconteceu na última sexta-feira e, em seguida, a polícia passou a procurar os suspeitos de envolvimento no crime.

Após investigações, um dos suspeitos foi identificado através de câmeras de segurança. No dia seguinte ao roubo, a Polícia Militar prendeu quatro suspeitos da receptação de parte da carga, em Dias D’Ávila.

Com a identificação dos suspeitos, que não tiveram identidade revelada, a polícia conseguiu rastrear o restante da carga em Santo Antônio de Jesus.

De acordo com a Decarga, parte do combustível for recuperado com um comerciante que adquiriu 750 caixas de óleo pelo valor de R$ 100 mil reais em Dias D’Ávila. Ele assumiu que pegou a carga com um dos criminosos, que já estava preso.

Fonte: G1/BA

Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios acataram parcialmente as conclusões contidas no relatório de auditoria realizada por técnicos do TCM e que apontaram irregularidades no serviço de transporte escolar fornecido pela Prefeitura de Barreiras. A inspeção foi realizada durante os meses de junho e julho de 2018. O relator do processo, conselheiro Raimundo Moreira, imputou uma multa de R$7 mil ao prefeito João Barbosa de Souza Sobrinho. O relatório da auditoria foi analisado na sessão desta quinta-feira (15/04), realizada por meio eletrônico.

Também foi determinado à administração municipal que siga a orientação técnica da Rede de Controle da Gestão Pública sobre a contratação e administração do transporte escolar. O relatório e voto serão ainda enviados – para conhecimento – ao Ministério Público Federal, já que recursos federais também são utilizados no financiamento do transporte escolar.

A auditoria temática do TCM sobre transporte escolar foi realizada em Barreiras e em outros 16 municípios baianos selecionados após análise de uma base de risco, com o objetivo de identificar ilegalidades, examinar a economicidade dos contratos e a qualidade do serviço prestado à população estudantil. Foram auditados, em Barreiras, 75 veículos utilizados no transporte escolar, sendo 13 da frota própria do município e 62 disponibilizados pela empresa contratada para complementação dos serviços. Também foram realizadas observações diretas em seis das 70 rotas utilizadas para o transporte escolar.

De acordo com o relatório técnico, os serviços de transporte escolar no município de Barreiras foram objeto de licitação, na modalidade Pregão Presencial, do que resultou a contratação da empresa Atlântico Transporte e Turismo Ltda., com valor previsto no montante de R$8.032.352,00. Foram pagos, do início do contrato em 2017 até o final de sua vigência em 31/12/2018, o valor total de R$10.159.942,56, estando tal valor amparado contratualmente, tendo em vista o termo aditivo aplicado ao contrato. A relatoria concluiu pela regularidade dos pagamentos, vez que inexistente qualquer comprovação de que tenha ocorrido sobrepreço ou de que não tenha ocorrido a prestação dos serviços contratados.

Constatou, contudo, a ausência de controle adequado e sistemático do abastecimento dos 13 veículos da frota própria da prefeitura, resultando na destinação de combustíveis em quantidades superiores às necessidades de consumo. Foi verificado a existência de uma diferença entre a quantidade adquirida e consumida na ordem de 32.147 litros de óleo diesel, indicando que as planilhas contêm dados incompletos, o que relevou patente a desorganização do setor de controle interno no acompanhamento dos abastecimentos realizados na frota auditada.

Também foram destacadas, no relatório, como irregularidades, a realização de transporte escolar com veículos em situação precária de funcionamento; subcontratações sem apresentação de autorização da administração devidamente formalizada; utilização de veículos em más condições, principalmente quanto à segurança e acomodações; diversos motoristas da frota terceirizada sem atentado de curso para condutores de transporte escolar, em desatenção ao art. 138, V do Código de Trânsito Brasileiro; e superlotação de estudantes em veículos da frota terceirizada, ficando nítida ainda mais a deficiência do sistema de controle interno do Poder Executivo Municipal.

Para o conselheiro Raimundo Moreira, a falta de atuação do controle interno para a correção das irregularidades apontadas, além de atestar a má gestão municipal, coloca em risco a integridade dos alunos usuários do sistema de transporte escolar do município.

O Ministério Público de Contas, em sua manifestação, opinou pela procedência parcial das irregularidades apontadas no relatório de auditoria, e sugeriu a aplicação de multa e também o ressarcimento de valores aos cofres municipais, com recursos pessoais dos responsáveis pelas irregularidades.

Cabe recurso da decisão.

Fonte: TCM

Na manhã de ontem, 15, por volta das 10h, uma guarnição da CIPE-CERRADO realizava patrulhamento tático especializado no distrito de Beira Rio, e durante seu retorno para a cidade de Oliveira dos Brejinhos na altura do trevo da BR-242/BA-156, visualizou uma motocicleta com dois indivíduos parados próximo ao ônibus da EMTRAN, decidindo então por fazer a abordagem.

Os indivíduos ao perceberem a aproximação da viatura tentaram evadir-se do local, tendo um deles adentrando ao matagal, enquanto o outro foi contido e abordado pela guarnição. Sendo encontrado com ele, uma mala e uma mochila de viagem, onde em uma delas foi encontrado aproximadamente 1.000 papelotes de cocaína.

Diante da situação foi dada voz de prisão em flagrante ao indivíduo, e todo material apreendido, juntamente com o detido foram encaminhados e apresentados na Delegacia de Polícia de Oliveira dos Brejinhos para as medidas cabíveis.

Fonte: CIPE/Cerrado

O presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes – Seção Bahia (Abrasel) – Luiz Henrique do Amaral, reclamou em entrevista da falta de respostas sobre os decreto do Governo da Bahia e o toque de recolher, medidas adotadas para impedir o avanço do novo coronavírus.

Segundo o presidente da Abrasel, as demandas do setor de bares e restaurantes encaminhadas à Frente Parlamentar responsável pelo caso na Assembleia Legislativa (Alba) não estão avançando. Por conta disso, empresários da área estão fazendo manifestações e reivindicações.

“A ausência de respostas e a emissão dos decretos quanto às bebidas, quanto do toque de recolher, resultam em ação. Fizemos uma carreata, levando os pleitos na governadoria. Da necessidade do toque de recolher para às 22h e a liberação de bebidas final de semanas. Essa equação que vemos. Fizemos uma ação com a prefeitura no Rio Vermelho, delimitando áreas, não atendendo ninguém em pé, mantendo o distanciamento, medição de temperatura. Precisamos de consumo responsável”, disse ao Bahia Notícias.

Luiz Henrique ainda reclama da fala de diálogo do governo com a categoria.

“Nada. É triste e é aquilo que estamos buscando: o diálogo”

O governo do estado proibiu a venda de bebidas alcoólicas nos finais de semana, além de autorizar a abertura dos bares com horário reduzido. O setor é um dos mais atingidos economicamente pela pandemia do novo coronavírus.

Fonte: Política Ao Vivo


João Leão, que teria como vice Raíssa Soares, disputaria o governo em jogo combinado com Jaques Wagner

Preocupados com a dificuldade de um entendimento entre ele e o ex-prefeito ACM Neto (DEM) para 2022 na Bahia, aliados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) passaram a pensar num cenário mais ousado para eventualmente dar sustentação à sua candidatura à reeleição no Estado.

Uma das ideias sobre as quais se debruçaram recentemente implicaria uma aproximação, por Brasília, com o vice-governador da Bahia, João Leão (PP), para a qual pode contribuir um entendimento entre o presidente nacional da legenda, o senador Ciro Nogueira (PI), e sua contraparte no Republicanos, o deputado Marcos Palmeira (SP).

Eles se encarregariam de criar as condições para montar uma chapa ao governo da Bahia no ano que vem da qual Leão assumiria a cabeça, tendo como vice a secretária municipal de Saúde em Porto Seguro, Raíssa Soares, e um candidato ao Senado ainda não definido que poderia ser indicado pelo Republicanos.

No Estado, a composição seria, naturalmente, regida pelo ministro da Cidadania, João Roma, cujo esgarçamento da relação com Neto parece a cada dia mais profundo, apontando para um quadro que aliados de ambos consideram de provável irreversibilidade.

A cereja do bolo é que a articulação não exigiria um afastamento de Leão do PT baiano, cujo plano é lançar o senador Jaques Wagner candidato a governador. Mas poderia ser executada com pleno entendimento entre ambos.

Ou seja, Leão saira candidato em jogo combinado com o próprio Wagner com o único objetivo de enfraquecer Neto, cujo eleitorado os cabeças da ideia imaginam que disputaria, permitindo, a depender do grau do acerto, que Rui Costa renunciasse ao governo para disputar o Senado.

Para o plano, a dia de hoje considerado pelos próprios mentores da ideia um tanto quanto mirabolante mas não impossível, eles chamariam, inclusive, o PSL e o MDB, partidos que fecharam recentemente uma aliança com o objetivo de se posicionar melhor frente ao grupo do ex-prefeito e o governo.

A discussão que se desenvolve em Brasília e na Bahia sobre o projeto não leva em conta outros nomes, bolsonaristas entre eles, que vêm tentando se colocar na disputa para representar o presidente da República em 2022, mas cujos planos são considerados por demais pueris.

Fonte: Política Livre

A Embasa informa que, para realizar manutenção programada no reservatório e rede distribuidora, o fornecimento de água será temporariamente interrompido na manhã deste domingo (18), em todos os bairros da margem direita do rio Grande, partindo do Centro em direção à Salvador (lista completa abaixo).

Os serviços deverão ser concluídos no final da tarde do mesmo dia, quando o fornecimento de água será gradativamente retomado. A completa regularização dos imóveis desta região está prevista para ocorrer em até 24 horas.

Recomenda-se o uso racional da água armazenada nos reservatórios dos imóveis. Aqueles que contam com reservatório compatível com as necessidades de consumo diárias dos seus moradores não devem sentir os efeitos dessa interrupção temporária.

Bairros afetados pela suspensão temporária do abastecimento:

Alphaville, Antônio Geraldo, Aratu, Bandeirante, Boa Sorte, Centro, Cidade Nova, Flamengo, Firenzi, JK, Jardim Ouro Branco, Jardim Primavera, Jardim Imperial, Jardim Vitória, Jardim Europa, Mimoso, Morada da Lua, Novo Horizonte, Ribeirão, Reserva Park, Ravena, Renato Gonçalves, Rio Grande, Recanto dos Pássaros, Park Verde, Sandra Regina, Santa Luzia, São Miguel, São Paulo, Serra do Mimo, Sombra da Tarde, Vila Brasil, Vila Dulce, Vila Nova e Vila Regina.

Localidades da zona rural: Barreiras Sul, Barreiras Norte, Baraúna, Baixão, Buritis, Nanica, Riachinho e Cinturão Verde.

Fonte: EMBASA

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio

Dados do Observatório do Audiovisual Baiano apontam que o Município de Luís Eduardo Magalhães se destacou na produção audiovisual a partir de 2018. 

Em um processo de interiorização dos festivais de Cinema, com as duas edições do Festival Mimoso de Cinema, realizado pela 242 Filmes, produtora capitaneada por artistas locais. 

Segundo o relatório, que analisou mostras entre os anos de 2016 e 2019, a iniciativa permitiu uma maior circulação de obras,  ampliando a possibilidade de conexão destes eventos com públicos mais amplos. 


Ficha técnica:
Equipe de pesquisa e redação do boletim: Carmem Lima, Daniele Canedo, Leonardo Costa, Luis Gustavo Campos (Observatório da Economia Criativa da Bahia - OBEC - BA);
Equipe do Observatório do Audiovisual Baiano: André Araújo, Clarissa Viana, Denis Martins, Everaldo Azevedo, Gabriel Pires e Milena Araújo;
Pesquisador convidado: Filipe Gama;
Identidade Visual: Carlos Luiz;
Diagramação: Clarissa Viana.

 

Fonte: ASCOM Prefeitura de LEM

Em uma carta enviada ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, o presidente Jair Bolsonaro prometeu “eliminar o desmatamento ilegal no Brasil até 2030”, ano que marcaria exatamente o fim de um eventual segundo mandato. A informação foi divulgada pelo jornal Folha de São Paulo.

O documento foi enviado ao chefe de Estado americano na quarta-feira (14), pouco mais de uma semana antes de o presidente dos EUA realizar a Cúpula do Clima, que contará com a presença de dezenas de chefes de Estado, inclusive de Bolsonaro, no dia 22 de abril, em Washington.

– Queremos reafirmar, nesse ato, em inequívoco apoio aos esforços empreendidos por V. Excelência, o nosso compromisso de eliminar o desmatamento ilegal no Brasil até 2030 – escreveu o líder brasileiro na carta.

De acordo com a Folha, o teor da carta foi discutido nos últimos dias entre Bolsonaro e os ministros Carlos França (Relações Exteriores), Ricardo Salles (Meio Ambiente) e Tereza Cristina (Agricultura).

– Reitero o compromisso do Brasil e do meu governo com os esforços internacionais de proteção do meio ambiente, combate à mudança do clima e promoção do desenvolvimento sustentável. Teremos enorme satisfação em trabalhar com V. Excelência em todos esses objetivos comuns – afirmou Bolsonaro no documento.

Bolsonaro também frisou no documento que o país enfrenta o aumento das taxas de desmatamento na Amazônia, mas destacou que a tendência ocorre desde 2012, quando o Brasil ainda era administrado por Dilma Rousseff (PT).

No documento, Bolsonaro manteve o pedido por ajuda internacional para alcançar metas de redução da emissão da carbono na atmosfera.

– Ao sublinhar a ambição das metas que assumimos, vejo-me na contingência de salientar, uma vez mais, a necessidade de obter o adequado apoio da comunidade internacional, [em] escala, volume e velocidade compatíveis com a magnitude e a urgência dos desafios a serem enfrentados – completou.

Fonte: Pleno News

O companheiro do ator Paulo Gustavo, Thales Bretas, usou as redes sociais para desabafar sobre a situação do humorista. Na publicação, o médico compartilha um texto, enviado a ele por um amigo e de autoria de Wandy Luz, que fala da “lentidão dos ciclos”. Nesta terça-feira (13), Paulo Gustavo completou um mês internado e ainda segue em estado crítico.

– Se vivermos com ansiedade, medo e insegurança, não suportaremos a lentidão necessária de alguns ciclos e não saberemos apreciar a beleza e as lições que existem no ato de soltar e confiar. Existem lições preciosas nos momentos onde tudo parece estar parado, estagnado, porque justamente nestes momentos, em que a vida parece acontecer em ‘slow motion’, é que tudo acontece. É preciso viver o hoje com consciência, respeito e gratidão para poder confiar na colheita. Afinal, se tudo o que temos é plantado, é bom, é justo, movido pelo amor, então como não colher bons frutos? Seria contraditório dizer que temos fé se, nos momentos mais desafiadores da vida, não soubemos esperar com paciência, resignação e confiança. O tempo sabe. O fluxo do universo é perfeito, e Deus nunca nos decepcionará – diz o texto compartilhado.

No último boletim de saúde de Paulo Gustavo, a equipe médica informou que o ator segue com quadro clínico crítico. No documento divulgado neste domingo (11), consta que o ele teve complicações hemorrágicas.

– As fístulas bronco-pleurais identificadas e tratadas somaram-se a complicações hemorrágicas, mas que vêm respondendo, de certa forma satisfatória, à reposição dos fatores da coagulação deficitários. A situação clínica do paciente é crítica, e todos os profissionais têm se empenhado incessantemente pela sua recuperação – disse a equipe médica do artista.

Técnicas de ventilação mecânica e ECMO continuam sendo fundamentais para o tratamento do comediante. Ele segue internado em UTI de hospital do Rio de Janeiro, onde deu entrada no dia 13 de março, após contrair Covid-19.

No comunicado, a família do artista expressa gratidão pelo apoio e carinho de todos que torcem e oram pela sua recuperação.

– A família do ator agradece [por] todo o carinho e [pelas] orações e pede que continuem a enviar boas energias para a recuperação de todos os que se encontram na luta contra o vírus.

Fonte: Pleno News

A Polícia Civil de Itajaí, em Santa Catarina, investiga a morte de Mariane Kelly Souza, de 35 anos. Ela foi encontrada na última sexta-feira (9) no rio Itajaí-açu, em Navegantes, e estava com as mãos amarradas.

Mariane era casada com um pastor evangélico. Ela desapareceu na tarde de quinta-feira (8). Havia sido vista pela última vez ao sair da cafeteria em que trabalhava. Mariane teria entrado em um veículo cinza e, depois, não foi mais localizada, de acordo com informações da Polícia Militar (PM).

O marido dela chegou a usar as redes sociais para falar que o automóvel no qual Mariane entrou era de um aplicativo de transporte. Porém, segundo a PM, o carro era particular.

Entre a noite de sábado (10) e a madrugada de domingo (11), o carro foi encontrado pelos policiais em uma mata.

O delegado Sérgio de Sousa, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Itajaí, disse que o caso está em sigilo. Por isso, não há informações sobre presos ou suspeitos, segundo informações do portal G1.

Mariane e o marido moravam na região do Vale do Itajaí há 9 anos. Eles migraram da Bahia com a filha que, atualmente, tem 16 anos.

De acordo com o portal UOL, o esposo da vítima não integrava a cúpula de nenhuma congregação religiosa. Há 1 ano, ele deixou o quadro de pregadores do Ministério de Evangelismo Sem Fronteiras, porém ainda frequentava a igreja com Mariane.

O sepultamento da esposa do religioso aconteceu na segunda-feira (12), no Cemitério Municipal da Fazenda, em Itajaí.

Fonte: Pleno News

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) determinou que a revista IstoÉ apague uma reportagem, publicada pelo veículo em 2019, com “ofensas” ao filósofo Olavo de Carvalho e pague uma indenização no valor de R$ 40 mil. A publicação trouxe a reportagem Generais sob ataque e chamou o filósofo de “imbecil”.

Na ocasião, a revista publicou uma capa com o título Olavo de Carvalho – o imbecil – Até quando o guru de Bolsonaro vai abalar a República com as suas loucuras? E foi usada uma imagem do filósofo com um gorro de palhaço.

A decisão da 5ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça determinou, além da exclusão da reportagem, que a revista remova a capa da revista do site. O desembargador Antonio Carlos Mathias Coltro deu um prazo de 72 horas para a exclusão e definiu multa de R$ 1 mil por dia.

A decisão já havia sido dada em primeira instância, mas o valor de indenização na ocasião foi estabelecido em R$ 25 mil. Com a nova condenação, a editora Três, que publica a IstoÉ, terá que desembolsar R$ 40 mil.

Fonte: Pleno News

Nesta quarta-feira (14), uma mulher e dois homens foram presos suspeitos de participação em um estupro. O crime foi praticado contra uma menina de 8 anos, em Santo Antônio de Jesus, na Bahia.

De acordo com a Polícia Civil, os suspeitos são a tia, o tio e o primo da vítima. O trio passou a ser investigado a partir de uma denúncia feita pela mãe da criança, em março. As informações são do portal G1.

A polícia revelou que os abusos foram incentivados pela tia da criança. Ela obrigava a garota a tomar bebidas alcoólicas e a ter relações sexuais com o tio e o primo.

As informações apuradas junto ao Conselho Tutelar também indicaram que a vítima era, frequentemente, ameaçada. A menor foi estuprada pelo menos 10 vezes. A vítima sofreu ameaça de morte para que não revelasse os abusos.

Os mandados de prisão, cumpridos nesta quarta, foram feitos por policiais do Núcleo de Atendimento à Mulher, da 4ª Coordenadoria Regional de Policia do Interior (Coorpin), em Santo Antônio de Jesus.

A criança foi encaminhada para receber acompanhamento do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

O inquérito será concluído e entregue à Justiça. Os parentes acusados da menina devem ser enviados para o sistema prisional.

Fonte: Pleno News

Agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) receberam a vacina contra a Covid-19 nesta terça-feira (13), após um erro cometido pela Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo. Os profissionais não fazem parte do público-alvo, mas receberam uma autorização, via e-mail, para serem imunizados.

Os funcionários da CET receberam um e-mail timbrado, às 10h05 desta terça-feira (13), de uma enfermeira da própria Secretaria da Saúde dizendo que eles poderiam ser vacinados a partir de 13 de abril, mediante uma apresentação do crachá de serviço, em qualquer posto de vacinação da capital paulista.

Na verdade, os funcionários deveriam ter sido avisados de que estavam aptos a receber a vacina contra a influenza, a gripe.

Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, “houve um erro no e-mail disparado na terça-feira (13), e uma nova mensagem, corrigida, foi enviada na sequência”.

Apesar do erro, a prefeitura garantiu que os agentes vacinados contra a Covid-19 terão a segunda dose garantida para completar a imunização contra o Coronavírus.

Até o presente momento, podem ser vacinados na cidade de São Paulo: profissionais da Saúde com 50 anos ou mais, agentes da Segurança Pública, profissionais da Educação com mais de 47 anos, além de idosos de 67 anos ou mais.

Fonte: Pleno News

A empregada do casal Monique Medeiros e Dr. Jairinho, Leila Rosângela de Souza, a Rose, confirmou para a polícia que o ex-vereador e o menino Henry Borel, de 4 anos, ficaram trancados por cerca de 10 minutos dentro do quarto no dia 12 de fevereiro deste ano, e que, ao deixar o cômodo, viu o menino mancando e com “cara de apavorado”.

O relato é igual ao que foi prestado pela babá Thayná Ferreira na última segunda-feira (12), quando a cuidadora da criança foi ouvida pela segunda vez pelos policiais e mudou uma série de pontos em comparação ao primeiro relato dado aos agentes.

Rosângela, por sua vez, também trouxe fatos novos em relação ao primeiro depoimento. De acordo com ela, o casal tomava muitos remédios e Monique também dava “remédio para ansiedade” ao filho, três vezes por dia, porque ele era muito ansioso, além de xarope de maracujá.

No apartamento do casal, a Polícia Civil encontrou várias caixas de remédios tarja preta, muitos deles ansiolíticos. Em seu depoimento na mesma delegacia, o vereador Dr. Jairinho afirmou que ele mesmo passou a se automedicar com os remédios, pois tinha insônia.

No novo depoimento, dado por Rosângela na quarta-feira (14), ela contou que não ouviu nenhum barulho vindo do quarto, porque ficava a maior parte do tempo na cozinha. Questionada sobre por que não contou tais fatos à polícia antes, a empregada disse que não se lembrava dos acontecimentos, mas negou que tenha problemas de memória ou tome remédios controlados.

Essa semana, policiais ouviram um novo depoimento da babá Thayná sobre supostas agressões de Jairinho contra o menino. De acordo com a babá, Monique sabia das agressões contra o filho. Thayná disse ainda que a empregada da casa também mentiu.

Confira abaixo outros fatos relatados pela empregada:

– Assim que Jairinho entrou no apartamento, no dia 12 de fevereiro, Henry saiu correndo do sofá, pulou em seu colo e o abraçou;
– Essa foi a primeira vez que viu o menino ter tal comportamento e que estranhou o fato;
– Ela não ouviu nenhum barulho vindo do quarto quando Jairinho e Henry estavam sozinhos porque ela passava a maior parte do tempo na cozinha;
– Ela percebeu que a porta estava trancada quando foi ao closet guardar roupas;
– Depois de Henry sair do quarto, ela ouviu quando Thayná perguntou o que havia acontecido, mas que o menino nada respondeu;
– Ela viu Henry mancando, mas não lhe perguntou o motivo de ele estar mancando;
– Ela ouviu Thayná perguntar a Henry por que ele estava mancando e o menino respondeu que havia caído da cama e que seu joelho estava doendo;
– Ela viu quando o menino se queixou de dor de cabeça e pediu para a babá não pentear seu cabelo;
– Monique disse a ela que dava remédios para Henry porque ele não dormia direito e passava muito tempo acordado;
– Henry “chorava o tempo todo” e vomitava de vez em quando, mas ela não sabe dizer a razão dos vômitos;
– No domingo de Carnaval, quando falou com Monique para saber quando deveria voltar ao apartamento para trabalhar, a mãe do menino lhe disse que quase voltou no dia anterior, ou seja, no sábado, porque “Henry teve um surto com Jairinho” e que “foi a maior discussão”, mas ela conseguiu acalmá-lo e, portanto, ficaria até a segunda-feira.

Fonte: Pleno News

O diretor da cadeia pública José Frederico Marques, em Benfica, na Zona Norte do Rio de Janeiro, pediu exoneração do cargo após denúncias de que foram concedidas regalias ao vereador Dr. Jairinho e Monique Medeiros durante a passagem do casal pelo presídio. Os dois estão presos temporariamente por suspeita de envolvimento na morte do menino Henry Borel, de 4 anos, filho de Monique e enteado do parlamentar.

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) do Rio, o gestor pediu afastamento por “discordar das denúncias de supostos privilégios”. A Seap informou também que todas as imagens das câmeras de segurança foram encaminhadas ao Ministério Público do Rio.

De acordo com apuração do jornal Extra, a Seap não comentou se há algum sindicância aberta internamente para apurar as denúncias. Fontes da Seap afirmaram que uma análise preliminar das câmeras não indicou qualquer irregularidade.

O presídio José Frederico Marques é a unidade prisional de “triagem” para o sistema carcerário do estado. No local, detentos passam por audiências de custódia e são encaminhados a outros presídios ou libertados. Isto depende da decisão do juiz.

Após a passagem pela cadeia pública, Jairinho foi transferido para o presídio Pedrolino Werling de Oliveira, conhecido como Bangu 8, e Monique, para o Instituto Penal Ismael Sirieiro, em Niterói.

Fonte: Pleno News
  Curta nossa página
  PUBLICIDADE

| Todos os Direitos Reservados |